O que levar O que trazer

Artesanato indígena

O Estado de S.Paulo

12 Março 2013 | 02h11

Sempre vai haver um colar de sementes bacana, nem que seja para sua amiga mais hippie. As colheres, vasilhas e saladeiras de madeira são bons presentes

Cocada da Lucinha

em Cumuruxatiba

Basta provar uma para levar um pacote para casa

Cerâmica

Também em Cumuru, procure os trabalhos étnicos de Renata Homem (73-3573- 1224). Em Caraíva, os naïves coloridos de Clau Nalone (facebook.com/Claunalone)

Básico

Como todo destino litorâneo, a Bahia pede roupas leves: bermudas, biquínis, sandálias e chapéus. Óculos escuros e protetor solar completam o bê-á-bá

Intermediário

Um bom par de tênis para caminhar. Repelente para a pele e incenso de citronela para dormir em paz. Lanterna para a noite em Caraíva

Avançado

Dinheiro extra em espécie e talão de cheques; vários lugares não aceitam cartão ou não têm caixa eletrônico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.