Off-road na distante Mongólia

G-4 Challenge levará 18 duplas a um mês de provas entre estepes, montanhas e deserto

Mônica Nóbrega, O Estado de S.Paulo

11 Novembro 2008 | 03h38

Serão quatro semanas em uma expedição off-road por um dos lugares mais remotos do planeta. Platôs infinitos ao olhar, montanhas de rochas, dunas e lagos secos há mais de um século estarão pelo caminho. Pessoas, nem tanto. Porque a viagem, marcada para junho de 2009, será feita na Mongólia. E esse país, no coração da superpovoada Ásia, tem tamanho equivalente ao de toda a Região Nordeste do Brasil, mas é o lar de apenas 2,5 milhões de habitantes. Mordomias não farão parte dessa jornada. Os viajantes terão de pernoitar em barracas e sacos de dormir e preparar suas próprias refeições. Além das fotos, os dias serão ocupados por tarefas como vencer trechos entre montanhas pedalando uma bicicleta e lançar-se no vazio pendurado numa tirolesa. Nos limites físico e psicológico, os viajantes, apenas dois em cada carro, terão de ainda de evitar desentendimentos capazes de comprometer o desempenho da dupla e o objetivo de chegar ao fim da corrida. Sim, porque a aventura pela Mongólia será a etapa final da terceira edição do Land Rover G-4 Challenge, uma espécie de rali de regularidade misturado com maratona de esportes radicais. A competição levará 18 duplas, de igual número de países, a locais inóspitos como o Deserto de Gobi. O cenário do desafio foi escolhido exatamente por se tratar de um destino tão isolado e distante que os aventureiros terão de contar apenas com seus próprios esforços para cumprir todas as tarefas dentro do cronograma e ainda cuidar da própria sobrevivência. Os locais de largada e chegada serão divulgados poucas horas antes do início da prova, assim como a extensão do percurso. O inesperado faz parte do desafio. Mas nem tudo nessa maratona será dificuldade. A simpatia da população nômade e suas tendas brancas que marcam, como pontinhos perdidos no horizonte, a paisagem daquele pedaço de mundo, são cenários para deixar qualquer viajante de queixo caído. Ao fim da disputa, a dupla vencedora leva um carro para doar à Cruz Vermelha de seu país. PARA PARTICIPAR Ficou interessado? Para participar do G-4 Challenge na Mongólia basta ter espírito aventureiro e disposição. As inscrições podem ser feitas até o dia 16 e são gratuitas. Todo o suporte necessário para chegar até o país asiático e ficar por lá será fornecido pela organização - aéreo, hospedagem, alimentação, e o carro para a disputa. Antes, no entanto, será preciso passar pela seletiva brasileira, nos dias 6 e 7 de dezembro, em Atibaia, a 67 quilômetros de São Paulo. Duas duplas mistas serão escolhidas para participar da seletiva internacional, em fevereiro, na Inglaterra. Lá, no Eastnor Castle, um castelo medieval localizado nos arredores de Ledbury, entre Gloucester e Birminghan, os participantes terão de cumprir provas bem parecidas com as da Mongólia. Inscrições: podem ser feitas até o dia 16 no site www.landroverg4challenge.com Viagem feita a convite da Land Rover

Mais conteúdo sobre:
off-road turismio

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.