Felipe Mortara/Estadão
Felipe Mortara/Estadão

Onde ir no feriado: 4 viagens de carro a partir de São Paulo

2017 tem mais dois feriados prolongados: Nossa Senhora Aparecida e e Dia dos Mortos. Aproveite para escapar da capital

Mônica Nóbrega, Bruna Toni e Guilherme Osinski, especial para O Estado, O Estado de S. Paulo

03 Outubro 2017 | 04h45

O ano ainda tem mais dois feriados emendáveis, o de 12 de outubro e o de 2 de novembro – ambos caem numa quinta-feira. Quem deixou para pensar em uma escapada na última hora talvez se depare com passagens aéreas que extrapolam o orçamento. Uma ideia, então, é escolher um destino aonde seja possível ir de carro no tempo que você tem disponível.

A seguir, selecionamos duas sugestões de destinos turísticos – um na praia, outro na montanha –, em território paulista, e duas no Estado do Rio de Janeiro, a uma distância de até 400 quilômetros da cidade de São Paulo. Para uma previsão de gastos, além do combustível, considere também os pedágios; o site Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) tem os valores atualizados nas rodovias paulistas: bit.ly/tarifapedagiosp. Nos trechos fluminenses, veja os preços em bit.ly/tarifapedagiorj.

1. VISCONDE DE MAUÁ

 

Cachoeiras na montanha

Na Serra da Mantiqueira, a vila de Visconde de Mauá é distrito do município de Resende. Fica a 310 quilômetros de São Paulo. 

A cidadezinha se destaca pelas pousadas charmosas, a truta como ingrediente gastronômico e os atrativos naturais. O principal deles é a Cachoeira do Escorrega, que deve seu nome ao tobogã natural de 30 metros. 

O Sítio Cachoeiras do Alcantilado é uma propriedade particular (entrada a R$ 16 por pessoa) com nove quedas d’água, das quais apenas a última do percurso de 3 quilômetros não é adequada para banho. No Parque Ecológico Cachoeiras do Santuário (R$ 25), duas trilhas levam a mais cascatas. / GUILHERME OSINSKI, ESPECIAL PARA O ESTADO

2. ILHA GRANDE

 

Para trilheiros e navegantes

Você também pode ir de ônibus de São Paulo até Angra dos Reis. A vantagem é viajar na madrugada, chegar cedinho e não precisar procurar estacionamento para o carro. 

Pegue lancha rápida (cerca de R$ 100 por pessoa) ou escuna (R$ 50) no Cais de Santa Luzia e siga para a Vila do Abraão, ponto de hospedagem mais estruturado da ilha e onde estão as agências de passeios. 

Na Ilha Grande você se desloca a pé pelas trilhas ou de barco. De escuna, numa navegação tranquila seguida de trilha de meia hora, chega-se à famosa praia de Lopes Mendes. De lancha, o passeio de meia-volta à ilha inclui as Lagoas Verde e Azul – também é possível dar a volta inteira. Site: ilhagrande.com.br

3. SOCORRO

 

Adrenalina em alta

Abusando da natureza da Serra da Mantiqueira, Socorro mistura bem adrenalina e descanso. Para os radicais, rafting no Rio do Peixe, rapel e tirolesa são atividades disponíveis em parques como o Monjolinho. No centro, veja casas do início do século 20 e aproveite as lojas de malhas a preços atraentes. Para se hospedar, há pousadas e hotéis fazenda espalhados por toda a cidade: bit.ly/porsocorro

4. SÃO SEBASTIÃO

 

Praias para todos

Fundada em 1636, São Sebastião é hoje um dos lugares mais badalados do litoral paulista. São 30 praias – Maresias, lar do surfista Rafael Medina, recebe jovens interessados em ondas e agito. Já Camburi e Camburizinho vêm se especializando em famílias e casais. O Hotel Vila Bebek, reinaugurado este ano, tem pacotes para os feriados desde R$ R$ 2,990, 4 noites, duas pessoas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.