Os primeiros em suas classes

De volta ao Condado de Essex, após uma agradável temporada de observação de pássaros em Botsuana, nosso solerte correspondente mandou cerzir suas meias, polir suas malas de couro e comprou mais um bowler hat (chapéu coco) -, sem o qual se sente nu. Também enviou Trashie para uma tosa, já que ela se encheu de espinhos e picões no país africano. A seguir, a carta da semana:

Mr. Miles, O Estado de S.Paulo

03 Fevereiro 2015 | 02h07

Prezado mr. Miles: gostaria de lhe pedir que me contasse sobre o primeiro hotel, a primeira companhia aérea, a primeira empresa de cruzeiros e a primeira linha de trem do mundo. Creio que o senhor esteve na inauguração de todos eles... Outra perguntinha: o senhor pensa em passar o carnaval no Brasil?

Conrado Solis, por e-mail

"Well, well, my friend: vou começar pela segunda parte de sua pergunta. Eu até cogitei voltar ao Brasil no carnaval, mas, conforme atesta a sua pergunta, a cota de palhaços já está esgotada. Isn't it?

However, a pergunta é de interesse geral e, apesar de seu rude humor, vou respondê-la para todos os demais leitores. Já contei aqui, em crônicas passadas, que o hotel mais antigo do mundo - incluindo na conta pensões, hospedarias ou palácios - é o Hoshi Ryokan, no Japão, que recebe viajantes (entre eles eu mesmo) há mais de 1.300 anos. Fica em Ishikama, conserva valores antigos como a cerimônia do chá e o uso do yukata - a very light quimono - para dormir. É perfeitamente possível acreditar que está nas mãos da mesma família há 46 gerações.

Seiscentos anos mais novo, mas ainda assim notavelmente longevo, o Hotel Zum Roten Baren (Hotel dos Ursos Vermelhos), em Freiburg, na Alemanha, atende desde 1387. Tem uma boa cozinha regional e sua fachada é lindamente decorada. Preciso mencionar, as well, o Blaue Gans (Ganso Azul), em Salzburgo, na Áustria. Ele tem 37 anos a mais que o outro animal colorido da Alemanha. Mas, unfortunately, seus novos proprietários decidiram fazer uma remodelação para torná-lo uma espécie de hotel de arte. Shame on them! Sobre a mais antiga companhia aérea em operação no planeta, o título deveria ser da KLM, da Holanda, inaugurada em outubro de 1919. Mas como ela não voou durante toda a Segunda Guerra, quem se jacta de estar há mais tempo nos ares é a Qantas, da Austrália, fundada em novembro de 1920 - e sem interrupções em sua operação.

No setor ferroviário, my friend, há querelas. Considerada oficialmente a mais antiga ferrovia do mundo, a Stockton & Darlington fez sua primeira viagem oficial em uma linha própria de 40 quilômetros de extensão. A façanha foi levada a cabo em 1825 e registrada pela imprensa da época. Mais tarde, a companhia acabou se fundindo a outras e o nome original desapareceu. However, no Condado de Durham - também em nossas ilhas - uma pequena empresa chamada Tanfield Railway garante ter realizado uma viagem experimental 100 anos antes (e sem testemunhas). Baseada em relatos orais, ela não apenas se anuncia como a ferrovia mais antiga do mundo como ainda opera, para passeios, em uma linha de apenas 4,8 quilômetros. Na frente, a velha Mary Smoke (maria-fumaça) e dois ou três vagões simples acoplados.

I'm very sorry, mas a modéstia ia me impedindo de contar que também a mais antiga companhia de cruzeiros ainda em funcionamento tem alma britânica. Trata-se da P&O, antigamente chamada de Peninsula and Oriental Steam Boats. Quando o Imperador D. Pedro I declarou vossa Independência, a P&O começava a conquistar seus mares. Espero que vocês façam bom proveito dessas informações e, for sure, que elas continuem inspirando-os a viajar.

*Mr. Miles é o homem mais viajado do mundo. Ele esteve em 183 países e 16 territórios ultramarinos.

Mais conteúdo sobre:
Mr. Miles Viagem O Estado de S. Paulo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.