Outras auroras pelo mundo

Ao sul

O Estado de S.Paulo

26 Março 2013 | 02h13

Velhos navegantes da Antiguidade deram às luzes dançantes o nome de aurora borealis, O fenômeno também ocorre na Antártida, com o nome de aurora austral - mas apenas pesquisadores que ficam no continente no inverno podem vê-la

Rússia e Escócia

Murmansk, na Península de Kola, é um conhecido ponto turístico russo para ver a aurora boreal. Em Aberdeen e na Ilha de Skye, na Escócia, também é possível observar o fenômeno - se você tiver sorte. Um dia sem nuvens é coisa rara por lá

Escandinávia

Além da Noruega, Suécia, Finlândia e Islândia também oferecem boa infraestrutura para observar as luzes. Especialmente nos hotéis de gelo - o Igloo Village de Kakslauttanen, na Finlândia, tem teto de vidro: você pode ver a aurora do quarto

América

A região de Yukon, no Canadá, está entre as com maior infraestrutura turística para observar a aurora boreal - a cidade de Whitehorse funciona como base para os turistas. No Alasca, Fairbanks é o ponto de partida dos tours

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.