Para escalar ou ver história, do Havaí à Islândia

O Stromboli e o Etna não são, logicamente, os únicos vulcões explorados pelo turismo. Só para se ter uma ideia, no célebre Kilauea, no Havaí, há passeios de barco com snorkeling para ver a lava escorrendo debaixo d'água.

O Estado de S.Paulo

12 Fevereiro 2013 | 02h08

São tantas opções que dá para escolher de acordo com seu perfil - empresas como a alemã Volcano Discovery (volcanodiscovery.com) se especializaram no segmento. Amantes de escalada podem seguir ao Equador e subir o Cotopaxi (5.897 metros) e o Sangay (5.300 metros). Prefere caminhar? Fique com o Kameni, na ilha grega de Santorini. Para interessados em história, o napolitano Vesúvio, que transformou Pompeia em ruínas, é a pedida.

E que tal ver de perto o impronunciável vulcão islandês Eyjafjallajökull, aquele que empacou o tráfego aéreo no mundo em 2010? Na local Volcano Tours (volcanotours.is), o pacote de dois dias custa R$ 450. /F.M.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.