Cleide Silva/Estadão
Cleide Silva/Estadão

Para esquiar ou só curtir a montanha

Começa daqui a exatas duas semanas a temporada de diversão na neve na América do Sul. A estação chilena de Corralco, por sinal o resort mais novo do continente, abre os trabalhos em 12 de junho. Até 1.º de julho, outras sete estações queridas dos brasileiros no Chile e na Argentina estarão em plena atividade, com opções de esqui, snowboard e outras geladas atividades ao ar livre. Vale lembrar: quanto mais tarde em junho, maior a chance de já ter começado a nevar.

Rafael Mosna, Especial para o Estado, O Estado de S. Paulo

29 Maio 2014 | 06h00

ARGENTINA

Das grandiosas Bariloche e Las Leñas à exclusividade de Villa La Angostura e ao isolamento de Ushuaia, escolha sua estação na Argentina.

Las Leñas - Na província de Mendoza, a estação conta com 175 quilômetros de pistas - uma delas exclusiva para manobras radicais. Os 2 quilô metros de pistas iluminadas permitem esqui noturno às quartas-feiras e sábados, até as 19 horas. Há 13 meios de elevação. O restaurante na saída do teleférico Neptuno oferece linda vista panorâmica. Há hotéis no próprio complexo - que conta com centro comercial e duas baladas - e em Malagüe, a 80 quilômetros. Temporada: 21 de junho a 20 de setembro.

Ushuaia - Bem ao sul da Argentina, a 26 quilômetros de Ushuaia, o Cerro Castor se prepara para ser a sede do Interski 2015, evento que reúne grandes esportistas de inverno do mundo.O centro possui 29 pistas e 11 meios de elevação. São seis opções de restaurantes e lanchonetes e três lojas de itens esportivos. Temporada: 20 de junho a 5 de outubro.

Bariloche - Para 2014, o Cerro Catedral, montanha onde fica a estação de esqui de Bariloche (a 20 quilômetros do centro), investiu 500 mil na compra de 12 canhões de neve. São 128 quilômetros de pistas, 38 meios de elevação e atividades como caminhadas com raquetes, trenó e tobogã na neve. Na região são cerca de 300 restaurantes e 200 cervejarias artesanais. Não esqueça de experimentar o cordeiro patagônico - sim, Bariloche está na Patagônia. Temporada: 1.º de julho a 15 de outubro.

Villa La Angostura - A descida ininterrupta de 6 quilômetros é a novidade em Cerro Bayo, que se autoproclama uma estação de esqui butique. De fato, a tranquilidade e o clima das casinhas de madeira diferem bastante da vizinha Bariloche. São 25 pistas, 16 meios de elevação e passeios, tudo com vista para o Lago Nahuel Huapi. A gastronomia é o forte: nada de fast food. Temporada: não confirmada.

CHILE

O Chile tem opções para um simples bate-volta a uma estação de esqui ou para imersões na paisagem branca.

Portillo - A 140 quilômetros da capital, Santiago, a estação completa 65 anos na temporada 2014 e vai celebrar com semanas temáticas – do vinho, da família e outras. Além do hotel sessentão e bem conservado, com piscina e jacuzzi diante da deslumbrante Laguna del Inca, a estação conta com 34 pistas e vários passeios. Apesar de mais sossegado e familiar, tem balada diária. Festas especiais estão programadas durante a Copa. Temporada: 21 de junho a 4 de outubro.

Chillán - Com um quê de spa terapêutico graças às suas águas termais, a estação de Termas de Chillán, a quase 500 quilômetros de Santiago, atrai quem quer relaxar e se divertir na neve. São 35 pistas, mais trenós puxados por cachorros, paintball e caminhada. O resort até tem balada, mas a atmosfera geral é mesmo de calmaria. Temporada: 27 de junho até o fim da neve.

Valle Nevado - A novidade da temporada é a ampliação do Snowpark The Gap, para manobras radicais, que duplicou de tamanho. Valle Nevado é a estação da balada. A 60 quilômetros de Santiago, é alvo de bate-voltas. Conta com 45 pistas, 15 meios de elevação e ao menos dez bares e restaurantes – o mais novo é o lounge La Leñera. Sim, há balada noturna com DJ. As lojas vendem as boas marcas esportivas. Temporada: 27 de junho a 26 de setembro.

Corralco - Com a inauguração de seu hotel, no ano passado, Corralco surge como o resort de esqui mais novo do Chile. A 120 quilômetros de Temuco, dentro da Reserva Nacional Malalcahuello-Nalcas, e com altitude máxima de 2.400 metros, tem 18 pistas e quatro meios de elevação. Será a primeira estação a abrir as portas na América do Sul. A temporada vai de 12 de junho a 12 de outubro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.