Para garantir lugar na torcida

Os pacotes da Copa de 2010 já começaram a ser vendidos no Rio e em SP. É bom preparar o bolso

O Estado de S.Paulo

21 Outubro 2008 | 02h50

Ainda faltam quase dois anos, mas Copa do Mundo não é programa para ser decidido de última hora. Operadoras de turismo brasileiras já começaram a vender pacotes para a competição, que ocorrerá na África do Sul, em 2010. Ou seja, quanto mais cedo a viagem for confirmada, maior a chance de encontrar uma vaga nas arquibancadas para ver a seleção de Dunga - que decepcionou no empate por 0 a 0 com a Colômbia, é verdade, mas promete se esforçar mais e obter a classificação. Se isso acontecer, a previsão do Ministério do Turismo sul-africano é de receber entre 25 mil e 30 mil brasileiros no período da Copa. Os pacotes são padronizados: incluem hospedagem em quarto duplo em Durban e na Cidade do Cabo, café, city tours, guias, seguro, traslados de ônibus do hotel ao estádio e passagens aéreas nos deslocamentos internos. A quantidade de noites varia de acordo com o período escolhido. Fique atento: não fazem parte desse combo os ingressos para os jogos. O trecho aéreo entre o Brasil (saindo de São Paulo ou do Rio) e a África do Sul também não está incluído, mas já pode ser reservado, por a partir de US$ 1.415, sem as taxas. Das seis operadoras brasileiras credenciadas pela Fifa para vender os pacotes, cinco divulgaram preços: Agaxtur, Ambiental, Pallas, Marsans e Stella Barros. A opção mais em conta, para a primeira fase da Copa, custa a partir de US$ 9.871. São 12 noites, com saída prevista para 6 de junho de 2010. Os ingressos custam entre US$ 80 e US$ 160. Na Ambiental, quem pagar a parte terrestre à vista ou der uma entrada de 20% ganha ingressos para os três primeiros jogos. A Marsans tem promoção semelhante: quem se dispuser a quitar um sinal mínimo de 20% até 30 de novembro também recebe as entradas para os três primeiros jogos. O pacote para a segunda fase, com 18 noites e saída prevista para 23 de junho, custa a partir de US$ 12.373. O preço da entrada varia entre US$ 100 e US$ 900. Para o período entre as quartas-de-final e a final (saída em 29 de junho), são 12 noites por a partir de US$ 10.987 e ingressos entre US$ 150 e US$ 900. Há, ainda, a opção Copa completa: 32 noites, de 9 de junho em diante, por US$ 20.545. Na Ambiental, o pacote também inclui ingressos para os três primeiros jogos. Agaxtur:(0--11) 3067-0900 Ambiental: (0--11) 3818-4600 Pallas: (0--21) 2430-1100 Marsans: (0--21) 2106-6754 Stella Barros: (0--11) 2166-2250

Mais conteúdo sobre:
Copa de 2010

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.