Paris com crianças: além da Disneylândia

Em julho vou para Paris com marido, irmão, cunhada e três crianças, de 11, 8 e 5 anos (este quer comemorar o 6º aniversário na Torre Eiffel). Gostaria de sugestões de programas e um lugar para piquenique. (Cíntia, São Paulo)

Ricardo Freire - TURISTA PROFISSIONAL , Envie sua pergunta para viagem.estado@estadao.com

21 Maio 2013 | 15h52

Menores de 18 anos entram de graça na maioria dos monumentos. Se os adultos comprarem o Paris Museum Pass (2 dias, € 39; 4 dias, € 54), todos podem entrar juntos, sem enfrentar a fila da bilheteria, no Louvre (múmias e relíquias egípcias!), no Palácio de Versalhes (reis, rainhas e revoluções!), na Cité des Sciences (planetário, submarino, Imax!) e no Arco do Triunfo (Paris do alto!).

 

De barco sempre é lúdico: o Batobus permite visitar várias atrações ao longo do Sena (a roda gigante do Jardim das Tulherias!). Já o barco do Canauxrama escapole do Sena por um túnel por baixo da Bastilha e continua pelo Canal Saint-Martin; o fim da linha é no Parque de la Villete (Cité des Sciences!).

Faça do cinema um aliado: dá para brincar de Ratatouille no Museu dos Esgotos de Paris (metrô Alma-Marceau) e de Amélie Poulain nas ruas de Montmartre (metrô Abbesses); programe também um dia no Parc Astérix (reserve o ônibus em parcasterix.fr).

 

Para preparar o piquenique, passe com as crianças numa das ruas de mercado, onde há uma lojinha de comida do lado da outra. Minhas favoritas são a Moufetard (metrô Place Monge) e a Montorgueil (metrô Sentier).

O gramado do Campo de Marte, ao pé da Torre Eiffel, é ótimo para realizar o piquenique (outro ponto supimpa são os Jardins de Luxemburgo, combinando com uma sessão de teatro de marionetes). Para subir à Torre, veja se ainda há lugares disponíveis com hora marcada em toureiffel.fr.

Ah, sim: para a Disneylândia de Paris, pegue a linha A do trem suburbano RER. Mas será que vai dar tempo?

* Na próxima semana o colunista dá dicas de viagem

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.