Paris é boa pedida para uma viagem a dois

Em todas as estações, há o que se admirar na capital francesa

Renata Gallo, Especial para O Estado

29 Outubro 2014 | 20h00

Sempre teremos Paris, faça chuva ou faça sol, frio ou calor. Ainda mais a dois. A cidade garante lindos cenários e refeições com bom vinho. E, a cada estação, há o que se admirar na capital francesa. Passear em Paris no inverno é priorizar a vida cultural, a gastronomia, parar para uma xícara de chocolate quente, encantar-se com paisagens alheias ao nosso imaginário.

Se você já esteve em Versailles (chateauversailles.fr) no verão, com seus jardins coloridos, prepare-se para ver pátios cobertos de neve. Cercado de branco, o palácio fica ainda mais imponente. Com temperaturas baixas e dias mais curtos, Paris tem bem menos turistas, mais um motivo para você ir ao Louvre (louvre.fr).

No inverno, vale muito o investimento no Paris Museum Pass (en.parismuseumpass.com; a partir de € 42/dois dias consecutivos), para ter entrada gratuita em mais de 50 museus e monumentos.

Abra espaço para experiências além do básico e atente para o Musée du Quai Brandly (quaibranly.fr). A poucos metros da Torre Eiffel, tem acervo de mais de 3.500 peças de arte indígena da África, da Ásia, da Oceania e da América. Lá dentro, o restaurante Les Ombres (lesombres-restaurant.com) serve pratos com menu fechado a partir de € 32 no almoço e € 68 no jantar.

Para juntar compras e belas vistas no mesmo programa, vá ao terraço da Galeries Lafayette (galerieslafayette.com), a principal loja de departamento francesa. No nono andar, dá para admirar a cidade e brincar de caça à Basílica de Sacré Coeur, à Opéra Garnier e, claro, à onipresente Torre Eiffel.

Outro mirante gratuito é o da Louis Vuitton na Champs-Elysées. A entrada fica na Rue de Bassano e nem é preciso entrar na loja. Também da marca ícone de luxo, confira a nova Fundação Louis Vuitton (fondationlouisvuitton.fr). Abriu as portas no fim de outubro, no Jardin d’Acclimatation. Do premiado arquiteto Frank Gehry, o moderno prédio se destaca na maior área verde de Paris, o Bois de Boulogne.

De volta à Paris tradicional, embarque num roteiro romântico pelo Rio Sena. O Les Bateaux Parisiens (bateauxparisiens.com) oferece desde passeios de uma hora (€ 14) a almoços e jantares a bordo (incluindo ceias de Natal e Ano Novo; a € 140 e € 380, respectivamente). Os barcos são aquecidos e funcionam no inverno. E, lá fora, já sabe, estão Catedral de Notre Dame, Museu do Louvre, Museu D’Orsay... Voilà, Paris!

A magia do inverno em Praga

Só no inverno dá para cruzar a Ponte Carlos sem esbarrar em ninguém. Serão apenas a neve e a magia do local. O inverno de Praga é rigoroso, mas a cidade segue. Todo dia há troca de guardas no Castelo de Praga (hrad.cz). Para um jantar a dois, considere o La Degustation (ladegustation.cz) e o Alcron (alcron.cz), estrelado pelo Michelin.

Mais conteúdo sobre:
Viagem Paris férias

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.