Páscoa no exterior: o que abre e o que fecha

Sempre digo que brasileiro não tem medo de furacão nem de terremoto: brasileiro tem medo de feriado. A Páscoa costuma reservar surpresas. No Chile, a Sexta-Feira Santa é o feriado mais sagrado do ano - mas o Mercado Central funciona (os restaurantes abrem do meio-dia às 18 horas). No Uruguai é comemorada a Semana do Turismo; Punta del Este fica quase tão animada quanto no verão. Em Buenos Aires, o grosso do comércio fecha sexta e domingo, mas a Feira de San Telmo funciona. Na Itália, na França e na Holanda, o feriado não é na sexta, mas na segunda (na Alemanha e na Suíça, na segunda e na sexta). Nos Estados Unidos, lojas de departamentos, outlets e alguns museus fecham no domingo. O feriado é propício a bate-voltas: Valparaíso e Viña del Mar desde Santiago, Colonia desde Buenos Aires, Sintra desde Lisboa.

Ricardo Freire,

15 Fevereiro 2013 | 21h43

Viaje na pergunta

Volto a Las Vegas com crianças e procuro ideias de passeios diurnos fora dos hotéis. Ao Grand Canyon já fomos. (Prezia, São Paulo)

A 40 quilômetros de distância há um rancho que reconstitui um vilarejo do Velho Oeste: o Bonnie Springs Ranch (bonniesprings.com). Outro belo passeio é pelo parque estadual Valley of Fire, a 100 quilômetros da Sin City. Sem sair da cidade, confira o Atomic Testing Museum, ótimo programa educativo. Uma boa atração para crianças que talvez você não conheça é o aquário Shark Reef, no hotel Mandalay Bay.

 

Quero levar minhas filhas de 11 e 14 anos à Europa. O que recomenda: um tour abrangente ou foco em alguns países? (Patricia, São Paulo)

Quanto mais pinga-pinga for a viagem, menos vocês vão aproveitar, mais caro vai sair e mais atribulações terão em aeroportos e hotéis. Selecione bases e fique 5 a 7 dias em cada uma; aproveite os dois últimos dias para bate-voltas. Combinando Paris e Londres com mais uma cidade entre Lisboa, Madri, Barcelona ou Roma, a viagem vai ser diversificada e tranquila.

* Acompanhe o caminho do colunista em viajenaviagem.com

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.