Adriana Moreira/Estadão
Adriana Moreira/Estadão

Passagens nacionais até 30% mais baratas

Viajar no primeiro semestre de 2021 para os dez destinos mais procurados por brasileiros está mais em conta do que em 2020, mostra lista de plataforma de busca de voos

Nathalia Molina, Especial para o Estado

23 de fevereiro de 2021 | 15h00

Os bilhetes aéreos para os destinos mais procurados por brasileiros estão até 30% mais baratos na média em 2021 do que estavam em 2020, segundo levantamento do Kayak, buscador de voo e hospedagem. A lista compara as buscas realizadas nos dois anos, sempre em janeiro e fevereiro, para viagens no primeiro semestre.

Entre os mais procurados no Brasil, Florianópolis apresenta a maior redução na pesquisa: 31%, saindo de R$ 1.041 para R$ 718, na média. Dos dez destinos internacionais, apenas Cancún segue aberto a brasileiros e passagem com preço médio 7,83% menor, de R$ 4.101 para R$ 3.780.

As maiores quedas de mais buscados no exterior são para Orlando e Nova York, respectivamente, com 33,59% e 31,13% de diminuição no preço médio dos bilhetes. As duas cidades americanas são tradicionalmente populares entre os brasileiros, mas os Estados Unidos seguem com as fronteiras fechadas para viajantes do Brasil.

Confira a lista dos dez destinos nacionais mais buscados na pesquisa do Kayak, com a redução apresentada no preço médio das passagens de 2021, em comparação com 2020:

Florianópolis: -31%; de R$ 1.041 para R$ 718

Rio de Janeiro: -29%; de R$ 910 para R$ 647

Porto Seguro: -29%, de R$ 1.295 para R$ 915

Maceió: -26%, de R$ 1.444 para R$ 1.075

João Pessoa: -26%, de R$ 1.278 para R$ 942

São Paulo: -23%, de R$ 803 para R$ 618

Fortaleza: -22%, de R$ 1.135 para R$ 884

Natal: -21%, de R$ 1.313 para R$ 1.035

Salvador: -20%, de R$ 947 para R$ 756

Recife: -16%, de R$ 1.087 para R$ 918

 

Oferta em hotéis

“Se a pandemia fez com que as pessoas tomassem suas decisões de viagem mais em cima da hora, com um cenário de vacinação aliado às políticas de remarcação mais flexíveis das companhias aéreas, pode ser um bom momento para voltar a planejar viagens com mais antecedência”, diz Gustavo Vedovato, country manager do Kayak no Brasil. Segundo ele, a queda no valor das passagens aéreas para vários destinos e os protocolos de segurança e higiene dos hotéis organizados podem contribuir para isso. “A busca por hotéis no KAYAK cresceu 35% no início de 2021 se comparado com a média do último trimestre de 2020, o que mostra que o brasileiro está interessado em viajar cada vez mais.” O aumento foi visto na média mensal de pesquisas por acomodação na América Latina em janeiro de 2021, em comparação com os meses de outubro, novembro e dezembro de 2020.

Até 28 de fevereiro, a empresa faz a promoção Hotel Week, com cerca de 400 ofertas de hospedagem no Brasil e no exterior. Na página kayak.com.br/c/hotelweek, o viajante encontra opções como o Fairmont Copacabana e o Vila Galé Salvador, respectivamente, com 35% e 25% de desconto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.