Passeios e aventura ao ar livre, de esqui a rafting

A minúscula Pucón, que pode ser cruzada a pé em 15 minutos, está cravada em uma região cheia de belezas naturais. Com neve, lagos, montanhas e rios, é o cenário ideal para atividades ao ar livre. Para contratar os passeios, recorra às agências da cidade. O escritório de turismo local (Avenida Bernardo O'Higgins, 483) pode dar indicações.

PUCÓN, O Estado de S.Paulo

20 Novembro 2012 | 02h10

Esqui

A jovem estação de esqui de Pucón existe desde 1990. Tem 20 pistas, para esquiadores de todos os níveis, além de nove meios de elevação. A abertura anual costuma ocorrer nos primeiros dias do mês de julho - e a temporada vai até meados de outubro, de acordo com as condições climáticas.

A escola de esqui e snowboard é boa pedida para esquiadores de primeira viagem. "É melhor pagar uma aula e ter a certeza de que vai curtir o passeio", disse a brasileira Edilaine Silva, de 25 anos, que esquiava pela primeira vez com o marido, Leonardo Mattes, 37, na última temporada. A estação tem clubinho infantil, com monitores para divertir as crianças, na neve ou em ambiente abrigado. Há também cafeteria e loja. O bilhete de um dia para adultos custa US$ 50 (R$ 103), mais US$ 25 (R$ 52) pelo aluguel dos equipamentos. O transporte desde Pucón até a estação, distante cerca de 20 minutos, sai por US$ 20 (R$ 41, ida e volta). Mais informações: www.skipucon.cl.

Trilha

Caminhadas são o tipo de passeio que mais atrai visitantes aos bosques de araucárias do preservado Parque Nacional Huerquehue. A Trilha dos Lagos é a campeã de visitação. Tem três horas e meia de duração e leva às lagoas El Toro, Verde e Chico. Há outros trajetos, lagos e quedas d'água a descobrir, com ou sem guia especializado. O parque conta com área de camping e o ingresso custa 4 mil pesos chilenos (R$ 17), valor para estrangeiros. Mais: visitpucon.com.

Rafting

As corredeiras do Rio Trancura são vencidas em cerca de uma hora e meia pelos botes infláveis. De níveis 3 e 4, o rafting pode ser feito pela maioria dos turistas. Custa cerca de 10 mil pesos chilenos (R$ 43).

Canopy

O conjunto de sete circuitos de tirolesas entre árvores e por cima de rios fica a cerca de 10 quilômetros do centro. O São Luís, com 3,4 quilômetros, é o mais extenso da América do Sul. Custa, em média, 18 mil pesos chilenos (R$ 77).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.