Pausa para entender a arte antilhana

E arte, não tem? O acervo do Museu Kura Hulanda (www.kurahulanda.com/museum), no centro, inclui impressionantes peças de arte africana, com destaque para a cultura antilhana. Você ainda terá uma aula de história, com exposição que conta a origem do homem e narra a época da escravidão, por exemplo. Ingressos entre US$ 6 e US$ 9.

Giovanna Tucci, O Estado de S.Paulo

15 Dezembro 2009 | 02h14

VEJA TAMBÉM:
Curaçau: um show de cores
É moda
Na água e por terra, roteiros com emoção
Sopa de cactos e iguana no cardápio local
Praias para ver o tempo passar
Sinta-se um desbravador em Klein Curaçau
O artista plástico contemporâneo mais célebre da ilha é Tirzo Martha, que tem como marca enjaular palmeiras. Faz isso literalmente e suas instalações já rodaram o mundo. Neste ano, a obra "Turismo" - palmeiras empacotadas como se fossem ser entregues de presente -, participou da Bienal de Havana. Tirzo também já expôs no Museu de Arte Moderna da Holanda e em galerias de Nova York. "Construo minhas instalações com os materiais do lugar onde vou apresentá-las." O artista mantém a o Instituto Buena Bista (IBB), para jovens interessados na área.

Mais conteúdo sobre:
Viagem & Aventura Caribe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.