Pegadinhas na chegada...

O momento mais delicado de toda a operação é a chegada. Hotéis têm recepção, sofá, lugar para guardar as malas. Já a sala de espera de um apartamento de aluguel é a calçada ao relento.

O Estado de S.Paulo

17 Março 2009 | 02h12

O check-in se torna, forçosamente, um encontro com hora marcada. Como aviões (e até trens) podem atrasar, normalmente combina-se que o inquilino ligue para o proprietário ou agente assim que tiver chegado e desembaraçado sua bagagem.

Para isso você vai precisar levar seu celular (não esqueça de habilitá-lo com sua operadora antes de viajar) ou comprar um cartão telefônico ao chegar - e se entender numa língua estrangeira ao telefone. Fique tranquilo: seu interlocutor está acostumado.

Se você pretende usar transporte público para chegar ao apartamento, peça por e-mail instruções detalhadas de todo o percurso.

Por exemplo: não basta saber em que estação descer. É preciso saber exatamente qual saída da estação tomar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.