Perguntas e respostas

PERGUNTAS & RESPOSTAS

O Estado de S.Paulo

28 Setembro 2010 | 01h33

Um ano-novo bem peculiar

Você é daqueles que passam meses planejando o ano-novo, investem no modelito branco e fazem questão de pular as sete ondas? Pois pode acreditar que os chineses são ainda mais supersticiosos.

1.

Quando é?

O calendário usado é o lunar. A passagem de ano propriamente ocorre sempre em uma lua nova, entre 21 de janeiro e 20 de fevereiro. O ano-novo é o feriado mais importante para os chineses. Em Hong Kong, as ruas e lojas são tomadas por famílias em férias.

2.

Como é a festa?

Além do Mercado de Flores, que também vende os mais variados penduricalhos, há duas festas principais em Hong Kong. Em 2011, quando se comemora o Ano do Coelho, a famosa parada pelas ruas de Kowloon será em 3 de fevereiro, com coreografias criativas de diversos grupos. No dia 4, é a vez dos espetaculares fogos de artifício na Victoria Bay. Um verdadeiro balé musicado que dura exatamente 1 hora no relógio. Mas é inesquecível para quem acompanha ao vivo. Em ambas atrações, compre ingressos com antecedência - ou chegue cedo.

3.

Quais são as principais superstições?

Kung Hei Fat Choi é a saudação para desejar feliz ano-novo. Os ritos não se restringem apenas ao réveillon. Em Hong Kong, as festividades duram uma semana - cada dia reservado a uma mandinga. Isso sem falar na infinidade de amuletos, comidas para dar sorte, oferendas...

O que levar

Cartão de crédito

Você vai se encantar com quase tudo, desde badulaques para dar de lembrancinhas até aquele videogame de última geração, passando por seu perfume favorito. Cuidado apenas para não se empolgar demais e comprar itens desnecessários

Sapatos confortáveis

Aproveite o excelente sistema de transporte público para explorar Hong Kong a pé. É a melhor maneira de curtir a cidade

Pouca bagagem

Reserve espaço extra para as inevitáveis compras. Caso contrário, vai acabar tendo de sair correndo em busca de uma mala adicional

O que trazer

Eletrônicos

Aproveite os lançamentos e os preços muito mais baratos que no Brasil para investir nos seus sonhos de consumo. Mas fique atento com os produtos piratas, falsificados com maestria

Grifes

Chanel, Louis Vuitton, Dior, Montblanc e muitas outras marcas famosas têm lojas em Hong Kong. Os outlets também são verdadeiras tentações. Não compre nada sem experimentar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.