Poucos benefícios em Amsterdã

O que é

O Estado de S.Paulo

13 Março 2012 | 03h10

Além de transporte ilimitado pela rede de trams (espécie de metrô de superfície), o I Amsterdam City Card (iamsterdam.com) dá acesso a 30 atrações e descontos de 25% em outros 100 lugares, como bares e restaurantes. Um dia sai por € 40 (R$ 91) e dois, € 50 (R$ 114).

Vale a pena se...

Não quiser se preocupar em fazer contas e não se importar em pagar a mais por algumas atrações-chave. Não gostar muito de caminhar ou tiver dificuldades de locomoção.

Não vale a pena se...

Somar os ingressos para as quatro principais atrações pagas. Museu Van Gogh (€ 14 ou R$ 32), Museu Rembrandt (€ 10 ou R$ 23), Rijksmuseum (€ 14 ou R$ 32) e Casa de Anne Frank (€ 9 ou R$ 20) custam juntos € 47 (R$ 107). Poderia até ser vantajoso se o cartão não excluísse as duas últimas atrações - e se a cidade não fosse tão convidativa a andar a pé - ou de bicicleta.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.