Hélvio Romero/Estadão
Hélvio Romero/Estadão

Praia do Jacaré: o clássico 'Bolero de Ravel'

Cabedelo, litoral norte de João Pessoa

Eduardo Vesoni, O Estado de S.Paulo

05 de março de 2019 | 02h30

De volta à orla urbanizada da Paraíba, essa praia ficou famosa pelas apresentações diárias de Jurandy do Sax, que, no início de fevereiro deste ano, fazia sua apresentação número 6.661.

Não tem como negar que uma cidade inteira cresceu e se estruturou, turisticamente, em torno do músico.

Uma das mais procuradas do Estado, a atração ganhou, recentemente, uma reestruturação que retirou as barracas que impediam o público não pagante de ver a apresentação. O local, a 18 quilômetros de João Pessoa, agora conta com um calçadão com vista para o Rio Paraíba e maior quantidade de lojas para os turistas.

Desde 1993, esse bacharel em clarinete executa o Bolero de Ravel, diariamente, sobre uma canoa; a duração da música acompanha o tempo que o sol leva para se pôr.

Em 2004, a fama ultrapassou os limites paraibanos e chegou até Levallois-Perret, comuna francesa que abriga os restos mortais do músico Ravel, onde Jurandy foi convidado a tocar.

“Me dá alegria poder levar a Paraíba para tão longe”, disse Jurandy com seu tom de voz baixo e calmo, minutos antes da apresentação em que a reportagem esteve presente. Assista à entrevista e à performance do músico abaixo

QUANDO VER

Jurandy do Sax: apresentação diária gratuita, às 17 horas; chegue antes para pegar um bom lugar. Também é possível fazer passeios de catamarã durante o show (entre R$ 35 e R$ 45).

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
Paraíba [estado]Cabedelo [PB]

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.