Promoções de milhas: onde aproveitar

O segundo semestre começou movimentado para quem tem programas de milhagem. Gol e TAM anunciaram uma temporada de milhas e pontos reduzidos. Até 30 de setembro, é possível emitir trechos domésticos por 4 mil milhas ou pontos nas duas companhias. Os voos internacionais estão em promoção só na Gol, a 6 mil milhas por trecho (exceto Caribe). Dá para fazer viagens de ida e volta dentro do Brasil por 8 mil milhas/pontos ? normalmente só a ida custa 10 mil.

Ricardo Freire, O Estado de S.Paulo

27 Julho 2010 | 02h29

É uma época bastante interessante para viajar. Em agosto e setembro o tempo ainda é relativamente seco no Sudeste, no Centro-Oeste e no Sul. No Nordeste a estação das chuvas já terminou. E o Norte já vive o seu verão. Veja a seguir onde gastar as suas milhas e pontos por impulso.

Em tempo: é bom lembrar que os assentos com milhagem promocional são limitados nas duas companhias aéreas. Quanto mais rápido você agir, mais chance de sucesso terá.

Fim de semana. Capitais de Estados próximos são perfeitas para promoções assim. A ponte aérea, que tem andado caríssima, é a rota que oferece o melhor negócio pelas suas milhas ou pontos reduzidos. Para conseguir assentos promocionais nos horários mais convenientes da sexta-feira e do domingo, procure pelos últimos fins de semana de agosto.

Curitiba, Porto Alegre e Belo Horizonte são perfeitas para 48 horas de turismo urbano. Aproveite que as tarifas dos hotéis ficam mais em conta no fim de semana, visite os novos museus (Oscar Niemeyer, em Curitiba, Fundação Iberê Camargo, em Porto Alegre, e o mundialmente badalado Inhotim, perto de Beagá) e, caso você more em São Paulo, coma bem pagando muito menos do que está acostumado. Quem quer ter uma surpresa agradável deve experimentar Vitória, que tem uma hotelaria moderna e em conta e cabe direitinho num fim de semana.

Foz do Iguaçu nunca desaponta; se você só estiver interessado nas Cataratas brasileiras e argentinas (sem esticar a Itaipu ou a Ciudad del Este), pode ir na sexta e voltar no domingo, que vai se divertir. Sabe aquela viagem a Brasília que você ficou com vontade de fazer na ocasião do cinquentenário? Pois agora é um ótimo momento. Já para as capitais do Nordeste, o fim de semana só compensa quando você consegue voos em horários que permitam aproveitar dois dias inteiros ? mais fácil nas cidades maiores, como Salvador e Recife.

Três ou quatro dias. Com um ou dois dias na manga para emendar ao fim de semana, o Nordeste inteiro entra em cartaz ? tanto para quem quer ficar pelas capitais como para quem quer pegar um carro e esticar a praias próximas. Ceará, Piauí e Maranhão garantem dias invariavelmente ensolarados nesta época. Na costa leste, do norte da Bahia ao Rio Grande do Norte, espere tempo relativamente firme, bastante vento em agosto e grande variação de marés em setembro, durante as luas cheia e nova (melhor época do ano para ver piscinas naturais rasinhas).

Belém e Manaus, com passagens sempre indigestas, tornam-se repentinamente palatáveis quando tudo o que você gasta para voar são 8 mil milhas.

No Sul, desça em Porto Alegre ou Caxias do Sul para poder aproveitar o auge do frio na Serra Gaúcha ? ou em Florianópolis para ver as baleias franca que já começaram a aparecer na Praia do Rosa para a sua temporada anual catarinense. Com quatro dias fica fácil, fácil encaixar o passeio de trem pela Serra da Graciosa até Morretes na sua estada em Curitiba.

No exterior (em promoção apenas na Gol), Buenos Aires e Montevidéu apresentam-se como candidatas ideais a uma bem-vinda viagem internacional decidida por impulso.

Uma semana. Comece a considerar viagens que envolvam deslocamentos maiores ? e nas quais a economia obtida com as passagens na faixa possa ser revertida em traslados caros ou aluguel de carro por todo o período. Lençóis Maranhenses (desça em São Luís), Jericoacoara (desça em Fortaleza), Barra Grande do Piauí (desça em Teresina ou emende desde Jeri), São Miguel dos Milagres (desça em Maceió), Ilha de Boipeba (desça em Salvador), Península de Maraú (desça em Ilhéus), Costa do Descobrimento (desça em Porto Seguro) ou Chapada dos Veadeiros (desça em Brasília).

Saindo do Brasil (milhas promocionais, só na Gol), pense num combinado Montevidéu + Buenos Aires (comece pelo Uruguai, continue por terra até Colonia del Sacramento, atravesse de barco a Buenos Aires e volte direto de lá) ou um bem-bolado Buenos Aires + Santiago (o voo da Gol a Santiago faz escala na Argentina). Caracas, na Venezuela, serve de trampolim para você pegar um teco-teco ao arquipélago de Los Roques (ou para seguir viagem, também pela Gol, a dois destinos caribenhos: Aruba e Punta Cana).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.