Tania Lumena/Divulgação
Tania Lumena/Divulgação

Provence sem carro

Envie sua pergunta para viagem.estado@estadao.com

Ricardo Freire, O Estado de S. Paulo

31 Janeiro 2017 | 04h00

Tenho interesse em viajar pela Provence. Quais são os meios de locomoção que eu posso usar caso decida não alugar carro? (Andrea, São Paulo)

As cidades mais importantes da região (Marselha, Aix-en-Provence, Avignon, Arles) são ligadas por trens. Nessas cidades, o carro não apenas é desnecessário, como contraproducente – estacionar é caro e complicado, e se você for a Marselha, vai sofrer com o trânsito. Caso você alugue um carro, só use na hora de sair para passeios a cidades menores.

No entanto, as regiões de paisagem mais bonita – que entregam a Provence que temos na cabeça – não são servidas pelo trem. O carro é o meio de transporte ideal para se deslocar pelo Lubéron, o parque natural onde estão as cidadezinhas que aparecem em Um ano na Provence, o livro do inglês Peter Mayle que praticamente serve como guia de viagem para a região. A cidade de St.-Remy e o castelo de Les-Baux, que também fazem parte do roteiro básico provençal, tampouco estão na linha do trem.

Há duas maneiras de visitar esses lugares sem alugar carro. Tanto em Aix quanto em Avignon você pode comprar tours em grupo ao Lubéron ou a St.-Rémy. Passeios de meio dia custam em torno de 70 euros por pessoa; de dia inteiro, a partir de 100 euros por pessoa. A outra opção é o ônibus – e aí é melhor montar base em Avignon. Na temporada (entre maio e setembro), a linha 57 Avignon-Arles passa em St.-Rémy e em Les-Baux ( lepilote.com). No Lubéron, também na temporada, a linha 17 (Apt-Gordes-Cavaillon) opera em quatro frequências diárias ( vaucluse.fr).

É possível fazer um tour de um dia por conta própria pelo Lubéron de ônibus, saindo de Avignon. Pegue o ônibus da linha 15 (Avignon-Apt) às 8h55, saltando em Bonnieux às 9h45. Siga pelo ônibus da linha 17 (Apt-Cavaillon) às 11h55 para Roussillon. Continue no ônibus das 15h a Gordes (depois, vá de táxi até o campo de lavanda em frente à abadia de Sénanque). Prossiga no ônibus das 18h40 a Cavaillon, que chega à rodoviária às 19h10. É possível voltar a Avignon pelo ônibus da linha 7 (Cavaillon-Avignon) das 19h15 (a chegada é às 20h); caso você perca o ônibus, pegue o trem das 20h (chega em Avignon às 20h41).

Melhor ainda seria hospedar-se por uns dias numa das cidadezinhas ao longo da linha 17 (Gordes é a mais lindinha) e fazer os passeios com calma. Para quem está em boa forma (a região é pontilhada por colinas), o jeito mais francês de zanzar pelo Lubéron é de bicicleta – tanto pela estrada, quando em trilhas off-road. O site veloloisirprovence.com dá todo o serviço.

 

Mais conteúdo sobre:
França Europa

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.