PUBLICIDADE

Puro-sangue inglês

Cotswolds tem cara de cidade antiga. Mansões, igrejas e vilas de pedra cor de mel enfeitam o relevo de montanhas. Natural ou construído, tudo ali é imponente. Até o apelido - ''coração da Inglaterra'' - mais parece título oficial.Na primavera essa imponência é florida, assim como o turismo. E vale começar por Kelmscott Manor (kelmscottmanor.co.uk), originalmente casa de veraneio de William Morris, pai do movimento Arts and Crafts (que defendia o artesanato criativo como alternativa à produção em massa). Hoje ali ficam expostos tanto os trabalhos do artista - tapeçarias, tecidos, papéis de parede, exemplos de impressos, pinturas e livros - como os de sua esposa, que reviveu as técnicas antigas de bordado.E é Morris quem aponta o próximo destino ao classificar (no século 19) Bibury como a ''mais bela vila da Inglaterra''. A principal atração do vilarejo é uma fazenda de trutas.Um celeiro do século 14 também está no roteiro de passeio. Usado lá atrás como depósito da Cistercian Abbey (ordem católica romana), o Great Coxwell Barn fica perto de Faringdon. Lá, devem ser dois os olhares: o micro, nos detalhes dos encaixes e das mísulas internas das portas e o macro, para a escala e a simplicidade da estrutura.Uma abadia saxônica já ocupou o espaço da hoje Gloucester Cathedral (gloucestercathedral.org.uk), cujo prédio foi construído por monges beneditinos no século 11 e é o melhor exemplo de arquitetura perpendicular da região.Já a Gloucestershire Warwickshire Railway (gwsr.com) é uma linha de 32 quilômetros entre Toddington e Cheltenham, percorrida por locomotivas a vapor.Em Woodstock fica o Blenheim Palace (blenheimpalace.com), que ganhou título de palácio mesmo não tendo nada de realeza. Coisas da imponência de Cotswolds.Casa da vilaAo redor de uma reserva natural pantanosa, a Rack Isle, e do rio Colne, cheio de trutas, o vilarejo de Bibury tem um certo ar esnobe, mas é inegavelmente linda - a mais bela vila da Inglaterra, de acordo com William Morris. Na rua principal, fica a igreja saxônia de St. Mary''s, reconstruída pelos normandos em 1156.Casa de artes e ofíciosHoje uma espécie de museu, Kelmscott Manor abriga tapeçarias, tecidos, papéis de parede, exemplos de impressos, pinturas e livros de William Morris, criador do movimento Arts and Crafts. Em 1871, Morris procurou uma casa de veraneio para sua família, tanto para escapar do ar nada saudável de Londres como para buscar inspiração no interior inglês. Em Kelmscott ficam expostos também trabalhos de sua esposa, que utilizava técnicas antigas de bordado.Destinos(Nem tão) Bonito: os rios cheios, o vaivém dos animais selvagens e o verde forte da natureza bonitense estão quase no fim. Da estação. É que com a chegada de abril tem início a temporada seca em Bonito, que leva embora a chuva, os alimentos dos bichos e a abundância de água nos rios e cachoeiras. Restam poucos dias, mas ainda dá tempo de fazer flutuação (passeio de snorkel com roupas de neoprene) nos rios da Prata, Formoso, do Peixe e Sucuri.Turismo natureba: uma cidade livre de agrotóxicos e adubos químicos. Assim quer ser a mineira Gonçalves, no sul do Estado. Produtores locais pretendem transformar a agricultura orgânica servida em restaurantes e as vendinhas da cidade em novo atrativo turístico. Todo sábado, das 9 às 12h, tem feirinha na sede da empresa Orgânicos da Mantiqueira (tel.: 35- 3654-453; R. João Carlos Silva, 320; organicosdamantiqueira.com.br), com verduras e frutas sem química.Imperador hi-tech: Dom Pedro II ganhou áudio e imagens de alta tecnologia no Museu Imperial de Petrópolis (tel.: 24-2237- 8000; R. da Imperatriz, 220; museuimperial.gov.br) na montagem do espetáculo ''Som e Luz''. O show, que conta a história do Brasil durante o 2º Reinado, ocorre nas noites de quinta e sexta-feira, nos jardins do museu. É preciso fazer reserva com antecedência.

O Estado de S.Paulo

11 de março de 2008 | 03h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

PUBLICIDADE

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.