Toby Melville/Reuters
Toby Melville/Reuters

Reino Unido terá multa de quase R$ 400 mil para passageiros bêbados que causarem problemas

Companhias aéreas locais querem diminuir casos de mau comportamento nos voos e aeroportos

O Estado de S. Paulo

27 Julho 2018 | 18h24

SÃO PAULO - O setor de aviação do Reino Unido divulgou que passageiros que exagerarem nas bebidas alcoólicas e causarem problemas poderão ter de pagar multas que chegam a quase R$ 400 mil (80 mil libras). Dependendo do problema causado, o passageiro também pode ser preso. Isso vale tanto para voos que partem quanto para os que chegam ao Reino Unido. 

+++ Cobrança por marcação de assento no avião: tire suas dúvidas

A iniciativa faz parte de uma campanha, que tem o apoio do governo, para alertar sobre o consumo exagerado de álcool nos aeroportos e durante os voos, e as consequências que o problema causa, como atrasos e desvios de rota quando o passageiro se mostra uma ameaça para as outras pessoas a bordo.

As empresas aéreas culpam a venda de bebidas alcoólicas no duty free e bares nos aeroportos por comportamentos de passageiros que não conseguem se controlar e exageram na dose antes e depois do embarque, o que pode causar diversos problemas e altos custos para as companhias.

A campanha foi divulgada nesta sexta, 27, por se tratar do dia mais agitado nos aeroportos do Reino Unido durante este verão, contando 9 mil partidas, segundo o Ministério da Aviação local.

O Departamento de Aviação Civil informa que, em 2017, 417 voo foram afetados pelo mau comportamento de pelo menos um passageiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.