Sabores gelados de São Francisco em porções mais criativas

São Francisco é a utopia dos amantes de sorvetes, uma cidade de santuários de leite congelado como Bite-Rite Creamery, Humphry Slocombe e Mitchell's. Os anos recentes trouxeram nova leva de lojas e food trucks com produtos essencialmente locais, orgânicos e com variações do absolutamente sazonal ao obstinadamente vanguardista. O tipo de sorvete que você pode esperar de uma das cidades mais aficionadas por gastronomia no planeta.

REBECCA FLINT MARX , SÃO FRANCISCO , THE NEW YORK TIMES, O Estado de S.Paulo

24 Junho 2014 | 02h07

O caminhão de sorvete Garden Creamery (gardencreamery.com) foi aberto por Erin Lang no ano passado com foco inicial em sorbets (opção sem leite) veganos. Sanduíches de sorvete e picolés foram adicionados ao cardápio - baunilha do Taiti e manteiga de amendoim tailandesa com coco queimado têm sido bem vendidos.

Outro caminhão, Frozen Kuhsterd (frozenkuhsterd.com), foi um dos primeiros vendedores de sorvete na rua, em 2012. Jason Angeles faz um produto bem ao estilo de São Francisco, um manjar denso e cremoso que serve como paleta em branco para experimentações: chocolate, cevada e batata chips já constaram do menu.

Antigos padrões como hortelã e caramelo são a marca do Ice Cream Bar (theicecreambar.com), aberto por Juliet Pries em 2012; mas os 16 a 18 sabores incluem variações sazonais como manjericão e amora silvestre.

Gelato em estilo californiano descreve o que Cremeux ex Machina (cremeuxexmachina.com) produz - Jennifer Ko e Alex Saneski fabricam em uma fazenda certificada como orgânica e vendem no Ferry Building Farmer's Market e em lojas especializadas. Sabores como ruibarbo de baunilha e pimenta-rosa são puro São Francisco. O casal planeja loja para breve.

No Smitten (smittenicecream.com), o sorvete é resfriado na hora do pedido com nitrogênio líquido em máquinas patenteadas. A primeira loja foi aberta em 2011, no centro da cidade - e os sabores incluem caramelo e balsâmico de morango.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.