Salvador e Aracaju, agora mais próximas

Vou com minha filha (adulta) para Madri, em julho, por uma semana. O que fazer além de visitar os museus? (Ivana, São Paulo)

RICARDO , FREIRE, O Estado de S.Paulo

26 Março 2013 | 02h09

Prepare-se para um calorão - e também para dias longos, com luz até perto das dez da noite. Madri é uma base excelente para bate-voltas. Vocês poderão ir de trem a Toledo (30 minutos), Segovia (30 minutos), Ávila (1h30; almoce um conchinillo), Aranjuez (o Versalhes espanhol, 50 minutos) e até mesmo dar um pulinho na Mesquita de Córdoba (45 minutos).

Estamos pensando na Patagônia em julho, com nossos filhos de 8 e 13 anos. O frio atrapalha muito? (Rita, São Paulo)

Atrapalha, sim. A alta temporada na Patagônia austral é no verão (novembro-março); é quando todos os passeios são oferecidos. Em julho, na região, o que vale mais a pena é Ushuaia, que no inverno se transforma numa estação de esqui. Uma curiosidade: tecnicamente, Bariloche fica na Patagônia. É um destino perfeito para ir com crianças.

Até alguns anos atrás, era preciso rodar 340 quilômetros para ir da capital da Bahia à de Sergipe. A Linha Verde, a excelente estrada do litoral norte baiano, terminava logo depois da divisa estadual; o jeito era continuar pela BR-101, passando por Estância. Quem quisesse voltar à costeira sergipana precisaria pegar uma balsa para atravessar o Rio Vaza-Barris. Mas as inaugurações de duas pontes - a Joel Silveira, em 2010, sobre o Vaza-Barris, e a Gilberto Amado, sobre o Rio Piauí, no fim de 2012 - agora permitem viajar entre Salvador e Aracaju sempre pela estrada costeira, em apenas 260 quilômetros. Escolha uma parada: do lado baiano, Siribinha, em Conde (uma linda estradinha de chão entre dunas); em Sergipe, Mangue Seco (agora com acesso asfaltado até o embarcadouro) ou Praia do Saco (a mais bonita do Estado).

* Acompanhe o caminho do colunista

em viajenaviagem.com

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.