Santuário teria águas milagrosas nas Missões

Os gaúchos Romaldo Melher e Claudio Reinke tinham o sonho de contar a história de sua região levando as pessoas a percorrer e entender os caminhos que ligavam os antigos povoados missioneiros - hoje Patrimônio da Humanidade - em um território que atualmente pertence a Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai. Ainda que o perfil do caminho seja muito mais histórico do que religioso, uma fonte no Santuário do Caaró possui a fama de ter águas milagrosas.

O Estado de S.Paulo

28 Maio 2013 | 02h08

Há trajetos de 72, 190 e 338 quilômetros - todos terminam na igreja de Santo Ângelo (foto) -, que podem ser percorridos em 3, 8 ou 14 dias, respectivamente. Os dois mais longos também podem ser feitos de bicicleta em 3 e 5 dias. A caminhada guiada custa entre R$ 560 a R$ 2.080 por pessoa. Reservas em caminhodasmissoes.com.br.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.