Seis perguntas

Quando o assunto é sair de férias com as crianças, as dúvidas costumam ser muitas. Se a viagem for prioritariamente para elas, então, os questionamentos

O Estado de S.Paulo

15 Junho 2010 | 02h21

se multiplicam por dois.

Selecionamos aqui algumas das perguntas mais recorrentes de quem pretende visitar os parques de diversão em Orlando.

1Ele vai se lembrar?

Alguma coisa vai ficar na lembrança deles - e também há os vídeos, as fotografias e os autógrafos dos personagens para facilitar. Já você vai se lembrar de cada detalhe, como aquela carinha recém-saída da montanha-russa.

2 Vou dar conta?

Converse com o pediatra para saber o que fazer em situações específicas (como evitar a pressão no ouvido no avião, por exemplo), fale com outras mães e capriche na organização. Dá trabalho, mas é uma experiência e tanto.

3 Levo carrinho de bebê?

Se você tiver um modelo dobrável, nem pense duas vezes: leve. Os parques têm carrinhos para alugar, mas custam US$ 15 ao dia. Vai a dica: despache como mala (se deixar na porta do avião, há chances de ele sumir).

4 Alugo um carro?

Se for ficar num resort Disney, só faça isso em dias específicos, para ir a um outlet ou visitar os parques da Universal e do Sea World. A Alamo é a locadora oficial. Estacionar nos parques de Orlando custa, no mínimo, US$ 12.

5 Quantos dias eu fico?

Com menores de 6 anos, passe no mínimo 2 dias no Magic Kingdom, 1 no Animal Kingdom, 1 no Islands of Adventure e 1 no Aquatica. Depois, feche o roteiro com o que seu filho mais gostou.

6 Qual a melhor época?

Julho é conveniente por causa das férias escolares - mas as filas costumam ser grandes e o calor requer cuidados extras. Os parques ficam mais tranquilos entre janeiro e fevereiro e de agosto a setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.