SplitShire/Pixabay
SplitShire/Pixabay
Imagem Adriana Moreira
Colunista
Adriana Moreira
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Seis resoluções viajantes para 2020

Algumas dicas para colocar em prática algumas medidas para viajar melhor - e ser um viajante mais legal - em 2020

Adriana Moreira, O Estado de S.Paulo

07 de janeiro de 2020 | 07h00

O novo ano já chegou e é possível até que você esteja lendo esta coluna durante uma viagem. Neste caso, já dá para começar a botar em prática algumas resoluções para viajar melhor – e ser um viajante mais legal – em 2020.

Seja consciente

Repito sempre que viajar não é apenas se divertir: o viajante tem, sim, suas responsabilidades. Cuide de seu lixo e não deixe nem o papelzinho do sorvete voar para ele não ir parar no estômago de alguma tartaruga. Não faça passeios em que animais sejam maltratados (amigo, se você está tirando foto abraçado com um leão, ele está dopado). Valorize o trabalho da comunidade local onde quer que você esteja: em vez de comprar um monte de lembrancinhas “made in China”, compre algo feito ali mesmo. Aliás, sempre respeite os moradores – a gente viaja para absorver a cultura local, e não para impor a nossa. Tenha sempre isso em mente (em Roma, como os romanos, lembra?).

Viaje leve

Não há razão para levar uma mala gigantesca – até por que as empresas aéreas estão cada vez mais restritivas em relação ao tamanho das bagagens. Leve peças curingas que possam ser combinadas entre si e invista nos acessórios (que ocupam menos espaço) para mudar o visual. Se não der para resistir às comprinhas, prefira levar uma mala dobrável extra dentro da sua a viajar com uma mala grande demais. Dessa forma, você não vai cair na tentação de levar na mala de viagem coisas que não vai precisar.

LEIA TAMBÉM: O guia completamente correto para desfazer a mala após uma viagem

E por falar em consumismo...

Na hora das compras, invista em qualidade, e não em quantidade. Não se deixe levar pela empolgação – pondere antes de comprar para não correr o risco de gastar demais em algo que vai acabar sem usar. Consumo consciente é fundamental na vida, mas durante uma viagem (especialmente em tempos de real desvalorizado) significa uma economia preciosa. 

Planeje sua viagem com antecedência

Planejar significa gastar menos, especialmente em feriados e meses de alta temporada. Significa conseguir vaga naquele hotel disputado – que custa o mesmo de outro que nem é tão bom assim, mas que será o único com vaga para quem deixa para comprar em cima da hora. Se você já sabe que vai sair em férias em julho, comece agora a organizar o passeio – dá até para parcelar e, quando chegar na hora da viagem, ela já vai estar paga e você não vai sentir tanto o peso no bolso.

A mala certa para cada viagem

Invista em uma boa mala para não sofrer arrastando um trambolho por aí. Uma boa mala de quadro rodas de tamanho médio tem um ótimo custo-benefício e ajuda a poupar energia nos imensos corredores de aeroportos. Eu particularmente gosto das rígidas, mas sempre com extensor. Ela, no entanto, não é a melhor companhia para viagens que envolvam deslocamento em barcos (como para a Ilha Grande, por exemplo) ou ruas de areia (como Jericoacoara). Nesses casos, uma sacola de viagens é mais eficaz – algumas têm até rodinhas para facilitar o deslocamento no aeroportos.

LEIA TAMBÉM: Os 20 melhores destinos para 2020

Organize as fotos das viagens passadas

Celulares com câmeras cada vez mais potentes, espaço na nuvem e milhares de fotos tiradas que nunca mais serão localizadas. Tire um tempinho para organizar – e imprimir – fotos de viagens passadas. Há muitos sites que fazem isso sem que você precise sair de casa: dá para criar um projeto e ir adicionando as fotos no futuro álbum aos poucos. Eu uso bastante o Fotoregistro.com.br, que tem muitas possibilidades de álbuns, fotos avulsas e descontos progressivos. Outras opções (não testadas): nicephotos.com.br, phooto.com.br.

Tudo o que sabemos sobre:
turismoréveillon

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.