Bruna Toni/Tirada com MOTO Z PLAY + HASSELBLAD TRUE ZOOM
Bruna Toni/Tirada com MOTO Z PLAY + HASSELBLAD TRUE ZOOM

Sobrevoo nos Lençóis Maranhenses

Do alto, os contornos ganham outras proporções

Bruna Toni, O Estado de S. Paulo

04 Abril 2017 | 04h30

A visão plana dos Lençóis que se tem quando o percorremos a pé ou de carro dá a sensação de que aqueles caminhos são intermináveis. Do alto, porém, tem-se a real dimensão de seus perfeitos contornos, quase sensuais, que os levam ao encontro das águas do mar, dos riod, das chuvas nas lagoas.

Há dois roteiros de sobrevoo para ver os Lençóis do alto, a bordo de uma aeronave do tipo Embraer Minuano ou do tipo Cessna 172, ambas operadas pela empresa AVA. O primeiro é o da Rota Litorânea, que começa sobrevoando os Pequenos Lençóis (passa por Vassouras, Mandacaru, Caburé e Atins) e, depois, segue aos Grandes Lençóis (lagoas Azul, Esmeralda e Preguiças). 

O segundo é a Rota Baixa Grande, que sai em direção ao Parque Nacional entrando pela Lagoa Bonita, a mais visitada da região, seguindo para a Baixa Grande e a Queimada dos Britos, no município de Santo Amaro, retornando pelas lagoas Azul, Esmeralda e Preguiças, como na primeira rota. 

Os dois passeios saem do aeroporto de Barreirinhas – que só opera para este tipo de aeronave, apesar das antigas promessas de ser aberto a voos comerciais – e têm a mesma duração de 25 a 30 minutos. Custa R$ 300 por pessoa e a pré-reserva pode ser feita no site. 

Mais conteúdo sobre:
Maranhão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.