Sopa de cactos e iguana no cardápio local

Ninguém pode sair de Curaçau sem ter provado carne de iguana. Sobretudo porque, por mais estrambótico que possa parecer, a carne é ótima. Macia e pouco gordurosa, tem gosto semelhante ao frango. Se quiser se arriscar nessa aventura gastronômica, siga para o restaurante Jaanchie"s (Westpunt 15), especialista na iguaria. O proprietário, uma figura chamada Christian Jaanchie, explica por que gosta de iguana: "Faz o coração bater mais forte." Ou, em outras palavras, é afrodisíaca.

Giovanna Tucci, O Estado de S.Paulo

15 Dezembro 2009 | 02h14

VEJA TAMBÉM:
Curaçau: um show de cores
É moda
Na água e por terra, roteiros com emoção
Pausa para entender a arte antilhana
Praias para ver o tempo passar
Sinta-se um desbravador em Klein Curaçau
Você vai entender melhor o paladar dos curaçolenhos em uma visita ao restaurante Piasa Bieu. É possível ver um ou outro turista, mas o local é mais frequentado pelos moradores. A portuguesa dona do único supermercado de Otrobanda, o guia turístico, as vendedoras das lojas de Punda, todo mundo vai comer no Piasa Bieu. Bom e barato, tem no cardápio a exótica e apreciada sopa de cactos, chamada de cadushi. Há também uma versão de caruru, uma sopa de quiabo (com baba e tudo), acompanhada de polenta. E espere encontrar muito peixe: eles adoram, principalmente ensopado. As porções são bem servidas.

Mas se você acha que comer bem em um avião é impossível, deve conhecer o Air Curaçao (Koraalspechtweg s/nº, em frente ao Hotel Breezes). "Uma companhia aérea de Aruba quebrou, então compramos o avião e o transformamos em restaurante", explica o proprietário, Nelson Antunes. Isolado em uma área verde, dá a sensação de que teve de pousar ali de emergência. Nelson prepara um ótimo cabrito na cozinha do Air Curaçao, que, apesar de servir pratos tradicionais da ilha, é focado na cozinha venezuelana.

Se quiser conhecer melhor a comida típica da Venezuela, um bom passeio é o Mercado Flutuante, em Punda. Diariamente, barcos ancoram no porto com produtos trazidos de lá.

Mais conteúdo sobre:
Viagem & Aventura Caribe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.