Tokyo Skytree

Preparado com folhas de matcha descobertas há 800 anos, chá de matcha deve ser apreciado com típicos doces japoneses

Bárbara Ferreira Santos, O Estado de S. Paulo

22 Maio 2015 | 12h04

Reconhecida no Guinness Book em 2011 como a torre mais alta do mundo, a Tokyo Skytree é uma estrutura de radiodifusão com 634 metros de altura e 450 andares. Subir para ver a cidade lá de cima leva menos de 60 segundos: o elevador que dá acesso aos andares superiores, o Tembo Shuttle, trabalha com uma velocidade de 600 metros por minuto. A velocidade é tanta que faz sentir a pressão no ouvido. 

Do lado de fora, a torre tem uma tonalidade branca-azulada por ser feita com o anil mais claro que existe, chamado no Japão de índigo branco. À noite, a iluminação varia entre os tons azul, em homenagem às águas do Rio Sumida, e roxo, cor tradicional no país. 

Para a estrutura não ficar comprometida com os frequentes terremotos do Japão, os engenheiros se inspiraram em construções antigas e históricas: as pagodas, torres tradicionais de cinco andares erguidas próximas a templos religiosos. Foi construído um eixo central, que tem uma estrutura independente do corpo da torre e um nome que impõe respeito: sistema antiterremoto de pilar central.

A partir do 340º andar já aparecem entre as janelas de vidro os principais pontos de Tóquio. O Palácio Imperial, o Rio Sumida, o Parque Ueno e até a Disney de Tóquio entram na paisagem. O emaranhado de arranha-céus, cortados por rios que parecem artérias e grandes rodovias que se assemelham a veias, mostram a pulsação de Tóquio. A transformação da cidade durante a tarde pelas janelas do Tembo Deck passa diante dos olhos como um filme em time-lapse, a técnica de gravação que acelera movimentos ao mesmo tempo em que parece destacar sutilezas das cores e dos movimentos. 

A vista é ainda mais bonita a partir da Galeria Tembo, que fica entre os andares 450 e 445. O valor mais alto do ingresso para chegar a tal estágio reduz a procura – e a disputa por um lugar junto aos vidros, nos melhores pontos de observação. A compra é feita no Tembo Deck (350º andar), depois que você já pagou pela primeira entrada. O site tem tradução em português. A Tokyo Skytree fica em 1 Chome-1-2 Oshiage, Sumida. O ingresso para subir até o Tembo Deck custa 2.060 ienes (R$ 50) para adultos. Chegar à Galeria Tembo vai custar 1.030 ienes adicionais (R$ 25) por adulto. Mais: www.tokyo-skytree.jp; 00-81-05-7055-0634.

Mais conteúdo sobre:
JapãoÁsia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.