Turismo de Espanha
Turismo de Espanha

Tradição gastronômica que vem do mar

Preparado com azeite, pimenta e servido com batatas cozidas e pão, o polvo é o prato que melhor traduz a culinária galega

João Paulo Carvalho, Especial para O Estado

14 de setembro de 2019 | 13h00

A Galícia leva a gastronomia muito a sério. Lubina, lagosta, vieira, caranguejo e, claro, o famoso pulpo (polvo) se destacam pela qualidade - e vêm à mesa caprichados. O pulpo a la gallega é o prato mais tradicional de Coruña e também da Galícia. Cortado em pequenos pedaços, ele é temperado com azeite e pimenta e é servido com batatas cozidas e pão. Uma delícia.

São muitos os restaurantes que preparam o tradicional prato, mas o ponto mais renomado é A Nova Lanchiña (Rua Capitán Juan Varela, 30), bem pertinho da estação de trem da cidade. A porção grande serve quatro pessoas e vale 15 euros. Atenção: é preciso chegar cedo para garantir mesa. Reduto dos galegos, o local costuma encher de quinta a domingo, e a espera pode demorar até 1 hora.

Outro prato típico da Galícia é o pimiento de padrón. Pequenininhos e muito suculentos, esses pimentões têm uma característica curiosa: somente um em cada dez picam (ou seja, ardem fortemente). Temperada com azeite, a porção, que custa 7 euros, também é uma das mais pedidas do restaurante. 

Com uma culinária de dar água na boca, viajar pela Galícia significa adquirir alguns quilinhos extras. Além dos peixes e frutos do mar, a gastronomia local também é muito lembrada pelas empanadas (massa à base de farinha e recheada com carne, bacalhau e atum) e o popular queijo de tetilla, produzido nas terras de Arzuá, mais ao norte, e  reconhecido em toda a Galícia por sua textura cremosa e suave no paladar. Experimente com um pão galego bem quentinho e delicie-se.

Uma ótima maneira de conhecer os ingredientes (e provar alguns deles) é nos mercados locais. O de La Plaza de Lugo (também chamado de Eusébio da Guarda) é um dos mais tradicionais, ótimo para comprar pescados e frutos do mar frescos. 

 

Maria Pita e o famoso licor de café

Maria Pita é o nome de uma das mulheres mais valentes da história da Galícia. Diz a lenda que, em janeiro de 1589, ela revelou ser uma verdadeira heroína ao liderar a defesa da cidade contra os ataques do corsário britânico Francis Drake, que tentava conquistar a região para incitar uma rebelião contra a Espanha de Filipe II. “Quem tem honra, me siga!”, teria dito Maria Pita.

A praça mais emblemática de Coruña, por sinal, leva seu nome. Além disso, há também uma estátua que a homenageia. O local é o ponto turístico mais conhecido da região e recebe milhares de turistas todos os dias. Recheada de lojas, restaurantes e bares renomados, a praça Maria Pita é perfeita para tomar uma cerveja gelada e sentir um pouco da atmosfera galega.

Destaque para o The Breen's Tavern (Praça Maria Pita, 24), que serve o renomado licor de café (3 euros cada dose). A bebida é derivada da aguardente e tem diferentes texturas. A receita leva grãos de café, açúcar, canela e casca de laranja. Seu sabor levemente adocicado é viciante. A praça Maria Pita fica cheia de gente no verão, que aproveita para apreciar um pôr do sol deslumbrante e degustar algumas boas doses da bebida.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Espanha [Europa]Galíciaturismo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.