Tradições elevadas a patrimônio

Unesco incluiu na recém-lançada lista de Imateriais 47 expressões culturais - algumas bastante curiosas

Camila Anauate,

27 Novembro 2010 | 10h00

 

Ao ver as fotos desta página, você deve estar se perguntando: o que um prato mexicano, um castelo humano e uma sessão de acupuntura podem ter em comum? São tradições. Mais: desde a semana passada, se tornaram Patrimônios Culturais Imateriais da Humanidade.

 

A Unesco anunciou 47 novos integrantes para essa cobiçada lista, que agora conta com 213 integrantes. Seja uma comida típica, um estilo arquitetônico ou uma dança (leia mais na página ao lado), essas expressões culturais ajudam a promover - e proteger - o patrimônio de um povo, de um país.

 

Não à toa, pois, os mexicanos estão orgulhosos. Sua cozinha revela o sabor da terra (com muito milho, feijão e, claro, pimenta) e técnicas seculares na criação de iguarias como o picante mole poblano, molho que leva castanhas e chocolate - mas acompanha pratos salgados.

 

A dieta mediterrânea, inscrita em conjunto por Espanha, Grécia, Itália e Marrocos, também foi considerada Patrimônio Imaterial por preservar habilidades, conhecimentos e tradições que vão desde a paisagem à mesa.

O que dizer, então, de uma incursão gastronômica na França? Seleção de produtos, decoração de pratos, harmonização com vinhos: tudo faz parte de um ritual para celebrar a arte de beber e comer. Do aperitivo ao licor.

Recordista. Mudando o quesito, a China conseguiu incluir na lista as técnicas da acupuntura, propagadas pelo mundo - com 28 representantes, é o país com mais patrimônios imateriais. Três deles acabaram de ser incluídos na lista dos que precisam de proteção urgente: a Meshrep, festa do povo Uygur; a tecnologia dos juncos desenvolvidos na Província Fujian, ao sul do país; e a técnica de impressão em madeira, a mais antiga do mundo.

 

Curiosos também são os castillos humanos. Em festas populares de Tarragona, na Catalunha, grupos competem para formar a torre mais alta - de pessoas. Conheça a lista completa.

 

Veja também:

link Ofertas tentadoras, a um clique de distância

linkPérola imersa no Índico

linkNovos cenários do bruxo

blog Blog. Dicas e bastidores das viagens da nossa equipe

blog Twitter. Notícias em tempo real do mundo turístico

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.