Tradições rurais recriadas em um museu a céu aberto

A estrada serpenteia montanha acima, o ônibus sacoleja. Há flores brancas e vermelhas nas janelas das casas e nas mãos das crianças que voltam da escola, barulhentas e alegres. O asfalto tortuoso sobe e desce as colinas verdes da Oberland, ao lado de Brienz, e leva a Ballenberg (ballenberg.ch), museu a céu aberto criado em 1978 por decreto do governo suíço. Em quase 66 hectares, uma equipe de historiadores e arquitetos recriou a Suíça rural de antigamente, com 11 cantões representados. Casas foram transferidas de seus pontos originais para o terreno, que lembra o mapa do país.

O Estado de S.Paulo

10 Abril 2012 | 03h09

O projeto é contínuo; a cada ano, a equipe do Ballenberg investiga aspectos da história cultural da Suíça e traz elementos novos para a paisagem. O "faz de conta" reúne 250 fazendas com criação de animais, jardins e oficinas - a parte mais bacana do parque. Ballenberg se mantém apenas com o dinheiro das entradas e da venda de produtos confeccionados ali: chocolates artesanais, doce de leite, queijos, embutidos e bordados cujo método havia caído em esquecimento e foi resgatado pela equipe do parque. Funciona de abril a outubro. / O.F.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.