Trem rápido na Europa

Novidades na Holanda...

Ricardo Freire, turista.profissional@grupoestado.com.br, O Estado de S.Paulo

05 Janeiro 2010 | 01h22

Os trilhos rápidos já estavam prontos há mais de um ano, mas o treinamento dos funcionários e outros entraves burocráticos atrasaram até o meio de dezembro a inauguração

da extensão do trem de alta velocidade Thalys no trecho entre Bruxelas e Amsterdã. O tempo de viagem entre as duas cidades agora é de 1 hora e 53 minutos.

... e na Itália

A bota inaugurou a moderníssima linha entre Florença e Bolonha, construída quase inteiramente em túneis por dentro dos Apeninos. Os meros 37 minutos agora gastos no trajeto proporcionam a diminuição drástica do tempo de viagem entre o Norte e o Sul, no eixo Turim -Milão-Florença-Bolonha-Roma-Nápoles-Salerno.

As novas distâncias

Paris-Amsterdã: 3h18; Londres-Amsterdã: 4h16; Paris-Colônia: 3h15; Bruxelas-Colônia: 1h47; Milão-Roma: 2h59; Turim-Roma: 4h10; Milão-Nápoles: 4h10; Roma-Bolonha: 2h10; e Roma-Veneza: 3h36.

A rota entre Paris e Bruges não foi afetada: os trilhos continuam lentos no interior da Bélgica.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.