Divulgação
Divulgação

Tulum

Com piscina

Bruna Toni, Felipe Mortara e Mônica Nóbrega, O Estado de S. Paulo

03 Março 2015 | 03h00

A 10 minutos de bicicleta –  emprestadas gratuitamente –  de uma das mais belas ruínas maias em todo o México, o Hotel Latino é uma ótima alternativa para aproveitar Tulum. Ainda que localizado a cinco quilômetros da praia, tem como vantagem a proximidade da maior oferta de restaurantes do centrinho. No cardápio, frutos do mar bem preparados, mas também culinária chinesa e argentina de qualidade – na zona da praia há menos opções. 

Nos dias em que bater a preguiça de pedalar até o mar, a piscina deve dar conta de aplacar o forte calor da região de Quintana Roo. E, quem sabe, a mensagem “Be Free” (seja livre), pintada nos azulejos no fundo da piscina, não o inspire a, em algum momento de sua estada, encarar um mergulho nas translúcidas águas salgadas repletas de corais e peixes coloridos? 

Cansando do mar (tudo é possível), Tulum é também ótima base para se dividir entre passeios de canoa pela reserva ecológica de Sian Ka'an, as ruínas de Cobá (a 50 quilômetros de distância) e um mergulho nos cenotes, as famosas grutas subterrâneas alagadas.

Hotel Latino: hotellatinotulum.com. Diárias começam em US$ 13 em habitações coletivas e US$ 68 para dois, todos com ar condicionado 

Mais conteúdo sobre:
hotéis

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.