Renato Jakitas/Estadão
Renato Jakitas/Estadão

Um dia de motorhome em Lisboa

Partindo do Porto, descemos de motorhome até a capital portuguesa

Renato Jakitas, O Estado de S.Paulo

02 de abril de 2019 | 04h30

Reservei um único dia para Lisboa, e tive a sensação de que apenas vislumbrei os potenciais da cidade. Não faça como eu e separe ao menos três.

Recebi a recomendação de evitar pernoitar com o motorhome pela cidade por motivos de segurança. Duvidei da dica, mas não contrariei e procurei um camping privado, o primeiro e único de toda a viagem. Estacionei no Lisboa Camping & Bungalows, na entrada de Lisboa, e paguei 20 euros (R$ 90) por serviço completo: estacionamento, estrutura para limpeza, água limpa e para banhos.

 

De lá, pedi um Uber e fui conhecer os pontos turísticos clássicos, como Torre de Belém, Alfama, Baixa, Chiado, Mosteiro dos Jerônimos, Catedral da Sé, Castelo de São Jorge e outros. Se você tem pouco tempo na cidade, o Viagem criou um roteiro sob medida aqui: bit.ly/lisboarapida. Para quem já conhece a cidade e busca algumas novidades, confira outras sugestões aqui: bit.ly/lisboanews.

À noite, rodei pela cidade de metrô, que fica aberto até 1h da manhã. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.