Uma ilha conectada por Wi-Fi

.

Camila Anauate, O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2009 | 02h35

Modernidade

AINDA O MAIS ALTO - Taipei 101 e sues 508 metros

A civilização e seus costumes trazidos da China continental são milenares, mas Taiwan tem um lado bem tecnológico. Em poucas décadas, a ilha deu um salto incrível para a modernidade.

Taipé é o principal exemplo. Quase toda coberta por Wi-Fi, tem um sistema rápido de metrô e trens de alta velocidade para os principais destinos da ilha. E detém o (ainda) prédio mais alto do mundo, o Taipei 101.

Entre subir no elevador e ver a capital se transformar numa maquete são 37 segundos. O elevador dispara a 1.010 metros por minuto até o observatório, no 89º andar. A 382 metros de altura, prédios, casas e carros parecem peças de um jogo infantil. Parques, pontes e montanhas completam o cenário. Para saber o que é cada pontinho lá embaixo, use o audioguia.

O passeio termina no 91º andar, no terraço ao ar livre que deixa o cenário mais real. Não fossem as nuvens...

Inaugurado em 2004, o Taipei 101 funciona como centro financeiro e comercial. Tem 508 metros de altura e perderá o título de mais alto do mundo no fim do ano, quando deve ficar pronto o Burj Dubai (818 metros). Ingresso a 400 dólares taiwaneses (R$ 22). Site: www.taipei-101.com.tw.

CONEXÕES

O governo de Taipei tem um dos projetos tecnológicos mais ambiciosos do mundo, o mobile city, para tornar a cidade 100% wireless. Desde 2006, o sistema Wi-Fly está sendo implantado - hoje há 5 mil pontos de acesso. Mas o serviço é pago.

 

Veja também:

linkSeis passos para decifrar a singular Taiwan

linkRELIGIÃO: Atmosfera de paz e meditação nos templos budistas

linkCULTURA: O impressionante legado da Cidade Proibida

linkTRADIÇÃO: Costumes milenares transformados em coloridos festivais

linkCOMPRAS: Dos irresistíveis eletrônicos ao típico - e familiar - comércio de rua

linkNATUREZA: De barco, um passeio pelo Sun Moon Lake

Fora do mundo virtual, Taipé conecta-se a outros pontos da ilha pelos trilhos. A rede de trens de alta velocidade tem 345 quilômetros. Os vagões viajam a 300 quilômetros por hora. Site: http://www.thsrc.com.tw/.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.