Irene Wang/Reuters
Irene Wang/Reuters
PUBLICIDADE

Universal anuncia área dedicada à Nintendo na Califórnia

Super Nintendo World, inaugurado no Japão em 2021, terá uma versão norte-americana, com atrações tecnológicas e personagens clássicos, como Mario e sua turma

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2022 | 16h11

É oficial. O Universal Studios Hollywood, localizado próximo a Los Angeles, na Califórniaanunciou nesta quinta (10) a inauguração de uma nova área de entretenimento, o Super Nintendo World, em 2023. A área temática transportará os visitantes para o mundo de Mario, Luigi e Princesa Peach em atrações tecnológicas e imersivas.

O primeiro Super Nintendo World foi aberto no Universal Studios do Japão no ano passado. O espaço foi desenvolvido em parceria com a Nintendo para oferecer entretenimento aliado à tecnologia, inspirado nos personagens de videogame que marcaram a Nintendo.

Localizada em uma área recém-expandida do parque temático, terá, segundo a Universal, "cores vibrantes e engenhosidade arquitetônica, com atrações modernas e espaços interativos para toda a família". Lojas e restaurantes temáticos também fazem parte do projeto. 

Para marcar a contagem regressiva para a estreia da nova área temática, a loja Feature Presentation do Universal Studios Hollywood terá um canto todo dedicado ao Super Nintendo World. Localizada logo na entrada principal do parque temático, os visitantes poderão se preparar para a chegada da área em 2023 com diversos artigos temáticos, como roupas de Mario e Luigi, e chapéus de personagens icônicos. Uma seleção de personagens de pelúcia, incluindo Yoshi, Mario, Bowser e Luigi, em vários tamanhos, também estará entre os muitos itens divertidos disponíveis para compra.

Mais informações e detalhes serão compartilhados em breve. Enquanto isso, os visitantes podem acessar UniversalStudiosHollywood.com para atualizações sobre o parque temático. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.