Urbana, Caracas também tem verde e montanha

As ruas estreitas e lotadas de carros fazem parte da vida da cidade. Para ver natureza, o Parque Ávila conta com teleférico que sobe a 2 mil metros

Renata Miranda, O Estado de S.Paulo

17 Junho 2008 | 02h44

Quem chega a Caracas pela primeira vez pode ficar assustado com as ruas estreitas e abarrotadas de carros da capital da Venezuela. No país onde um litro de gasolina custa menos do que um litro de água, o trânsito é intenso e caótico. No entanto, não desanime. A cidade oferece um grande leque de opções para quem estiver disposto a se aventurar por suas avenidas e conhecer um pouco mais da república bolivariana do polêmico presidente Hugo Chávez.   Veja também: Um vilarejo pitoresco bem perto da capital Nas ruas, a biografia do Libertador Hospedagem de luxo é item raro    Caracas não é um destino tradicional de férias - dos cerca de 770 mil turistas que visitaram a Venezuela em 2007, apenas 242 mil passaram pela capital. A maioria dos visitantes segue para o Arquipélago de Los Roques ou para a Isla Margarita. Mas, mesmo sem ter como trunfos atrativos tão paradisíacos quanto os das principais praias do país, a urbana Caracas é bastante arborizada e tem muitos parques como opções de passeio. Um dos mais procurados é o Parque Ávila, patrimônio que, com seu teleférico, foi nacionalizado por Chávez em agosto do ano passado. Para subir até o topo da montanha que leva o nome do parque há duas opções: ir de carro ou de teleférico. O bilhete de ida e volta no teleférico custa 25 bolívares fortes (R$ 19). Para quem subiu de carro, é possível descer a montanha de teleférico pagando 10 bolívares fortes (R$ 7,64). Uma outra opção para chegar ao alto é alugar um jipe na porta do Hotel Ávila. O horário precisa ser agendado e um carro com lugar para seis pessoas custa 150 bolívares fortes (R$ 114,56). O percurso pela estrada de pedra é cheio de curvas e, pelo caminho, estão espalhadas pequenas lojas que vendem doces caseiros e bebidas típicas da Venezuela. Na chegada ao topo, a vista é de perder o fôlego. A mais de 2 mil metros de altura, a cidade e seu trânsito caótico parecem pequenos, distantes. De lá, é possível ver os campos de beisebol - esporte popular, paixão nacional por lá -, o Jardim Botânico e o campus da principal instituição de ensino do país: a Universidade Central da Venezuela (UCV). No alto da Montanha do Ávila não faltam opções de lazer. No local, há restaurantes, brinquedos para as crianças e uma pista de patinação. Ali também está o Hotel Humboldt, construído na década de 1950. Atualmente, o estabelecimento está fechado e seu prédio passa por obras de restauração. À noite, o bairro mais agitado da capital é o de Las Mercedes, onde estão concentrados restaurantes, bares e discotecas. Mas, ainda que o passeio seja tentador de dia ou à noite, vale lembrar que a Venezuela está entre os países mais violentos da América Latina. Portanto, não dê brecha para imprevistos. Para se deslocar em Caracas é sempre melhor pegar um táxi. Dicas: os carros não têm taxímetros - então, é recomendável combinar o preço com o taxista antes da corrida, principalmente se você é turista - e existem muitos dos chamados táxis-piratas, sem credenciamento na prefeitura (nem do carro, nem do motorista). Por segurança, é melhor evitar. Viagem feita a convite da Varig e do Hotel Pestana SERVIÇO PASSAGEM AÉREA O trecho São Paulo-Caracas- São Paulo sai por a partir de R$ 1.530 na Avianca (0800-891- 8668; www.avianca.com.br), R$ 1.330,66 na LAN (0800-761- 0056; www.lan.com) e R$ 1.696,37 na TAM (0--11-4002- 5700; www.tam.com.br) PACOTES* US$ 949: 3 noites em Caracas. Com a Riviera (0--11-5533-6889) US$ 987: 4 noites. Com a Natural Mar (0--11-3214-4949) US$ 999: 4 noites. Com a Inside Viagens (0--11-4508-8010) US$ 1.098: 4 noites. Na Visual Turismo (0--11-3235-2000) US$ 1.207: 4 noites. Com a New Line (0800-600-2524) US$ 1.217: 3 noites. Com a Eden Tours (0--11-3258-1133) US$ 1.258: 4 noites. Com a Top Brasil (0--11-3926-8000) US$ 1.292: 4 noites. Na Soft Travel (0--11-3017-9999) US$ 1.329: 4 noites. Com a Flot (0--11-3231-2311) US$ 1.340: 4 noites. Com a Intravel (0--11-3206-9000) US$ 1.867: 6 noites. Com a Tereza Ferrari (0--11-3021-1699) * Preço por pessoa em quarto duplo, com aéreo    

Mais conteúdo sobre:
caracas montanhas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.