Vale a Viagem

1 Westvleteren

O Estado de S.Paulo

20 Julho 2010 | 04h07

A Abadia Saint Sixtus (sintsixtus.be) fabrica três cervejas. Elas saem sem rótulos e são diferenciadas pela cor das tampas. O bar In De Vrede (indevrede.be) vende garrafas por 3,50, em média.

2 Rochefort

A cidade empresta seu nome à cerveja da Abadia Notre-Dame de Saint-Remy (trappistes-rochefort.com). O restaurante Relays St. Remy (relaissremy,be), ali perto, é especializado na marca.]

3 Orval

Além da sua marca de trapistas, os monges da Abadia Notre-Dame d"Orval (orval.be) fabricam queijos. Na mesma estrada fica o Auberge de L"Ange, onde se pode degustar os produtos.

4 Achel

Blond, Brune e Extra - a última com 9,5% de teor alcoólico - são os tipos produzidos na Abadia Achelse Kluis (achelsekluis.org). No bar do monastério pode-se provar o chope Achel 5.

5 Westmalle

Nada de visitas à Abadia Trapista Van Westmalle (trappistwestmalle.be) nem à cervejaria. O Café Trappisten (trappisten.be), nas imediações, comercializa a produção.

6 Berkel-Enschot

A única trapista fora da Bélgica fica num vilarejo próximo ao município de Tilburg. É ali que os monges da Abadia

Koningshoeven fabricam a

La Trappe (latrappe.nl).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.