Vale a viagem

A altura pode impressionar e dar um certo medinho, assim como a estrutura

Bruna Tiussu, O Estado de S.Paulo

03 Agosto 2010 | 02h00

aparentemente frágil. Mas de duas uma: quem sobe até o topo dos mais altos elevadores externos do mundo está em busca de um belo panorama para as fotos de viagem. Ou quer garantir uma carona providencial para alcançar a parte alta da cidade. Porque, convenhamos, ter de encarar aqueles degraus que parecem não ter fim assusta bem mais.

1 Hammetschwand, Suíça

O elevador externo mais alto da Europa (na foto ao lado), com incríveis 152 metros, fica em Lucerna, na região central da Suíça. Construída em 1905 e batizada de Hammetschwand Lift, a estrutura demora menos de um minuto para

transportar os passageiros até o topo da Montanha de Bürgenstock. Uma vez lá no alto, ficará difícil não perder o fôlego diante da bela panorâmica, quase

totalmente cercada pelo Lago Lucerna. Há, ainda, um pequeno caminho de pedra onde o visitante pode testar diversos ângulos de visão - em quase todos, desfrutará de um cenário deslumbrante, formado pelo lago e os majestosos Alpes.

2 Oregon, EUA

Mais de 750 toneladas de concreto e ferro foram necessárias para construir o elevador municipal da cidade americana. Criado em 1955, ele foi idealizado para facilitar o acesso dos moradores à região alta de Oregon. Atualmente, sobe seus 40 metros de altura em apenas 15 segundos - a viagem é gratuita.

3 Santa Justa, Portugal

Também conhecido como Elevador do Carmo, é um dos monumentos que compõem a Baixa, centro histórico de Lisboa. Há duas elegantes cabines de madeira que levam ao Largo do Carmo. Lá no topo da torre, fica um café com vista para o centro e para o Rio Tejo. Ida e volta a 2,70.

4 Bailong, China

Construído sobre a encosta de um enorme penhasco no Parque Nacional de Zhangjiajie, o elevador de Bailong mede 330 metros de altura - no Guinness Book é apontado como o mais alto e mais pesado do mundo. Todo de vidro, alcança o topo em menos de 2 minutos. Preço: 53 yuan (R$ 13,80).

5 Cataratas do Niagara

Lá embaixo, os visitantes observam o balé das águas encontrando o solo, formando um imenso véu branco. Subindo na Observation Tower é possível ter uma visão privilegiada das cataratas. Quatro elevadores levam o visitante às plataformas - o passeio é grátis.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.