Vento no rosto em um tour off-road até Taípe

Stress na direção? Esqueça. Em Arraial d'Ajuda, conduzir um veículo ganha um sentido totalmente diferente. Ao ar livre, com o vento no rosto e a natureza como companhia, conduzir um quadriciclo rumo a Praia do Taípe é simplesmente relaxante. Uma, entre tantas atividades "além-praia" disponíveis na vila.

ARRAIAL DAJUDA, O Estado de S.Paulo

18 Setembro 2012 | 03h09

Leva alguns minutos até se acostumar com o novo veículo, de direção pesada. O passeio pode ser radical ou tranquilo, de acordo com o grupo. A Estrada Velha, que liga Arraial a Trancoso, serve de percurso para os aventureiros - são cerca de três horas até alcançar a sonhada faixa de areia.

Antes de sair para o passeio, munidos de capacetes, um treinamento rápido. No caminho, espere um pouco de tudo: de terra a areia, de mata fechada a ladeiras íngremes. Acha que é muita adrenalina para você? Sem problemas: vá na garupa (permitida para maiores de 7 anos), curtindo a paisagem. Uma das empresas que opera o passeio é a Eco Adventure (73-3575-8568). O custo é de R$ 150 por máquina, que leva duas pessoas. Para pilotar, a idade mínima é de 16 anos.

Chegando em Taípe, é possível praticar outra atividade bem comum em Arraial: o parapente. O céu fica cheio deles e aí não tem muito jeito, tem de buscar coragem para a aventura. Quem encara o desafio não se arrepende: a vista é espetacular. O voo de 30 minutos custa R$ 150 com a Bla Parapentes (73-8135-5952).

Depois de um dia inteiro de emoções, é preciso recobrar as energias. De volta à cidade, não faltam opções gastronômicas, seja no afamado Beco das Cores, repleto de restaurantezinhos simpáticos, ou na agitada Rua do Mucugê. É só escolher o que comer: moqueca, sushi, comida italiana, frutos do mar.../ T.V.G.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.