Vila do Abraão

Principal ponto de chegada de visitantes, é a vila com melhor infraestrutura de hospedagem e alimentação, com dezenas de restaurantes, pousadas e albergues. Opção muito procurada, as casas para aluguel por temporada compensam para grupos e famílias com mais de seis integrantes. No site ilhagrande.org há uma lista completa e confiável de hospedagens, restaurantes e bares.

O Estado de S.Paulo

26 Março 2013 | 02h11

As distâncias são bem curtas e por ali há agências que organizam passeios de barco para todos os pontos da ilha. Os valores variam de acordo com a embarcação. As escunas são sempre a opção mais em conta, enquanto as lanchas oferecem mais agilidade e conforto.

Um passeio de um dia inteiro que deve agradar às famílias com crianças ou àquela turma mais numerosa, que tem dificuldade em se deslocar, é o Circuito do Abraão. Inclui, numa caminhada de 30 minutos, as ruínas do Lazareto (centro de triagem de imigrantes enfermos, de 1886) e um bom trecho dos 125 metros do belo aqueduto, de 1893, com seus 12 metros de altura. A volta acaba no Poção, cachoeira no meio da mata. Para um mergulho salgado, as praias do Corisco, Preta e do Galego estão a apenas alguns metros do começo do circuito. A vista do Abraão é linda deste ponto. Seguindo no lado oposto, no sentido de Lopes Mendes, as praias da Júlia, da Bica e Comprida oferecem águas calmas e poucos frequentadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.