Miladen Antonov/AFP
Miladen Antonov/AFP

Vilarejo de Fucking, na Áustria, muda o nome para Fugging

Na tradução em inglês, nome do local tem significado pornográfico; placas com o nome do local eram constantemente roubadas por turistas

François Murphy, Reuters

27 de novembro de 2020 | 11h44

O vilarejo austríaco Fucking está mudando de nome, anunciou nesta quinta-feira a prefeita do município onde ele fica localizado, após moradores se cansarem dos risos contidos que o nome, idêntico a um palavrão conhecido na língua inglesa podem provocar, além dos inúmeros roubos de suas placas por visitantes.

O vilarejo, que é parte do município de Tarsdorf, ao norte de Salzburgo e próximo da fronteira com a Alemanha, há muito é motivo de diversão pela mídia de língua inglesa, que reportava de maneira bem humorada o desespero dos moradores com a remoção das placas do local.

Em 2018 o website pornográfico Pornhub disse que iria oferecer acesso ao seu setor Premium de graça para moradores de Fucking ou de cidades com nomes como Titz, na Alemanha, ou Big Beaver, nos Estados Unidos.

“Eu estou confirmando que foi de fato decidido pelo conselho local. Eu não vou dizer mais nada sobre isso”, disse a prefeita de Tarsdorf, Andrea Holzner, à Reuters. A decisão também foi postada no website do conselho. A partir do dia 1º de janeiro o vilarejo passará a se chamar Fugging, diz o comunicado oficial, que acrescenta que a iniciativa foi trazida pelos moradores da localidade.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Áustria [Europa]Fugging [Áustria]

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.