Bruna Toni/Estadão
Bruna Toni/Estadão
PUBLICIDADE

Visitamos o parque aquático com a maior piscina de ondas de São Paulo

Thermas Water Park, em São Pedro, no interior do Estado, tem 4 milhões de metros quadrados e conta com piscina de ondas de 1,3 mil metros quadrados. Confira este e outros passeios na cidade

Bruna Toni, O Estado de S.Paulo

21 de fevereiro de 2020 | 05h50

O roteiro de um dia em São Pedro começa num parque aquático e termina na cervejaria.

Thermas Water Park 

No sábado de manhã, seguimos ao Thermas Water Park (R$ 79 nos fins de semana), a 40 minutos da nossa hospedagem. Ocupando 4 milhões de m², o complexo diverte famílias inteiras com suas águas frias e quentes. Sua boa estrutura é um ponto positivo, mas senti falta de lixeiras para reciclagem – de acordo com o parque, foi lançado recentemente um programa de coleta seletiva.

A Piscina de Ondas, a maior do Estado de São Paulo, com 1,3 mil m² de área, está sempre cheia. No Parque da Baleia fica um palco para shows e o restaurante – além dele, há quiosques espalhados pelo parque, onde são usados cartões pré-pagos de consumo.  

O Parque Infantil tem atrações por faixa etária, até 6 anos ou entre 7 e 12 anos (e nele está o clássico Rio Lento, que adultos também adoram). E, na área do Disco Voador, o que mais chama a atenção é a gruta em formato de vulcão (até sai fumaça do topo) que faz as vezes de ofurô. Há ainda um complexo de toboáguas com diversos formatos e as exposições do Mundo Pré-Histórico, com 30 réplicas de dinossauros, e dos Insetos Gigantes e Fundo do Mar e os animais (esses de verdade) da Fazendinha do Vô Bráulio.

O que não está incluído no valor do ingresso, para além da alimentação, é a locação de armários para guardar seus pertences e de bóias. Para ficar nos bangalôs, espaços com espreguiçadeiras e serviços exclusivos para até 6 pessoas, paga-se R$ 200 durante a semana e R$ 250 aos fins de semana - inclui 2 águas sem gás; 2 refrigerante lata; 2 cervejas latas e 1 suco lata.

Ao ritmo do sertanejo. No dia 14 de março deste ano, o cantor Luan Santana fará um grande show no Thermas em comemoração ao aniversário dele e do parque. A apresentação fará parte da turnê Viva e ganhará um palco especial, construído especialmente para isso. Os ingressos custam desde R$ 140 à venda no site thermas.com.br/ingresso/viva.

Museu Gustavo Teixeira  

Se tem um nome que você vai ouvir e ver batizando muitos lugares de São Pedro é Gustavo Teixeira, poeta parnasiano são-pedrense (claro) que viveu entre os séculos 19 e 20 e só não ocupou uma cadeira na Academia Paulista de Letras porque morreu pouco tempo antes.

Parte de sua história é contada no museu que leva seu nome, localizado num prédio centenário e tombado no centro da cidade, bastante charmoso, mas que exige restauro na estrutura. Suas salas reconstroem um pouco do passado de São Pedro, desde a chegada dos tropeiros à cidade, e também passa pela do próprio Estado - em um dos espaços há uma homenagem à Revolução Constitucionalista. O que mais me chamou a atenção foram os objetos expostos do cotidiano nas fazendas e na área urbana tempos atrás, como um boletim escolar feito à mão.  A entrada é gratuita.

Cervejaria HZB

Para fechar o dia antes do retorno à pousada, paramos na cervejaria HZB, também no centro. Nela são produzidos 90 mil litros por ano de cerveja, entre cinco rótulos permanentes, como as clássicas Pilsen e IPA, e dois sazonais. Nós experimentamos a preparada com o jaracatiá, o fruto típico da região. Você pode visitar o pequeno espaço para entender melhor sobre a produção e aproveitar o serviço de bar de sexta-feira (quando rola música) e de sábado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

PUBLICIDADE

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.