Vista para o lago e clima intimista

Depois de um voo espetacular sobre a Cordilheira Darwin (leia na página ao lado), descemos em Pampa Guanaco e partimos por terra para o Lodge Deseado, à beira do lago de mesmo nome. Agora sim, vamos nos isolar, definitivamente, do resto do mundo.

PAMPA GUANACO, O Estado de S.Paulo

26 Novembro 2013 | 02h20

A estrada chegou ali há cinco anos. Foram dois anos para que Ricardo Salles e um sócio construíssem o lodge, com apenas quatro quartos, à beira do lago - esta é a terceira temporada de funcionamento. Barulho? Só dos pássaros e do vento nas árvores.

Da cozinha saem delícias como alfajores caseiros para o café da manhã (que podem muito bem ser um lanchinho furtado), cordeiro com batatas e torta de merengue com ruibarbo. Todos fazem as refeições juntos em uma sala envidraçada com vista para o lago. Vinho chileno e pisco sour não faltam e o próprio Salles, ou Senhor Deseado, como é chamado pelos visitantes, prepara e serve os drinques. Depois de uma noite de conversa, comida e bebida, todos se sentem em casa.

O lodge é ponto de partida para caminhadas pelas montanhas com duração de 2h30 a dois dias. Um passeio de caiaque é outra opção. Mas muitos hóspedes vão em busca das trutas de até 2,5 quilos, pescadas no lago ali em frente.

A temporada vai de outubro a março - no resto do ano, o frio impede as atividades. Mas não se surpreenda se, mesmo no verão, anoitecer com lua e estrelas e amanhecer com tudo branco de neve. "Aqui não existe previsão do tempo. Neva e faz sol no mesmo dia", diz Salles. Os quartos são preparados para essas mudanças, com calefação e ducha quentíssima. Um gerador a gás é abastecido por caminhão a cada dois ou três meses.

De manhã, um passeio até Caleta Maria guarda ótimas surpresas: os primeiros pinguins-reis da viagem e uma revoada de albatrozes. O almoço foi ali mesmo, para aproveitar ao máximo o lugar. De volta ao lodge, uma parada para pesca no Lago Fagnano, que tem apenas uma pontinha chilena - a maior parte dele está na Argentina.

A despedida do Lago Deseado teve a tal neve surpresa. Nas novas fotos, parecia até um outro lugar. /M.P.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.