Natália Zonta/AE
Natália Zonta/AE

Vitrines exibem o 'antiguinho fake'

Estilistas revisitam tendências que marcaram época. Nem a famigerada década de 1980 escapou

Natália Zonta, O Estado de S.Paulo

14 Abril 2009 | 02h39

>

romantismo dos anos 1950, o flower power da década seguinte e os duvidosos exageros de 1980. Tudo com cheirinho de novo. Tendências de muitos anos atrás estão sendo revisitadas. Portanto, se você busca o estilo vintage, mas quer peças recém-fabricadas, Nova York também é o seu lugar.

Esse resgate do passado tem sido constante na Big Apple. Quem visitou a cidade no Natal viu vitrines repletas de vestidos sem cintura, estolas de pele e chapéus, tudo com jeito dos anos 1920. As chiquérrimas Saks Fifth Avenue e Bergdorf Goodman apostaram todas as fichas nessa onda. Por isso, nem é preciso se esforçar para encontrar araras tomadas por roupas e acessórios vintage.

ANTHROPOLOGIE

Comece a maratona consumista pelo número 85 da 5th Avenue, que reúne também as gigantes lojas de departamento. Na Anthropologie, o forte são os vestidos. Alguns têm cintura bem marcada e comprimento comportado. Outros seguem um estilo mais hippie. Não é impossível encontrar uma ou outra barganha nos dois andares da loja, mas a verdade é que quase nada custa menos de US$ 70.

A boa: além de roupas, a Anthropologie vende livros de fotografia - títulos como Vintage Shoes e Vintage Fashion custam US$ 39,95 cada - e artigos irresistíveis para casa.

link85 5th Av.; http://www.anthropologie.com.

 

Veja também:

linkO autêntico lado vintage da metrópole

linkDe região de abatedouros a point fashion

linkVolta ao passado em shows clássicos

linkNoite moderninha ao som de hits dos anos 1980

linkCardápio atual e clima retrô

linkSiga a rota dos brechós imperdíveis

linkDiscos, pôsteres e livros também estão na lista de compras

 

SUPERFEMININOS - Vestidos comportados de cintura marcada ou de corte mais hippie na Anthopologie

PATRICIA FIELD

Satisfeita a vontade de adquirir itens que parecem ter saído de um baú antigo, é hora de procurar uma loja com as famigeradas peças no estilo dos anos 1980, época que ganhou a alcunha de "a década perdida da moda". Encontrar quem ouse vendê-las (assim como quem ouse usá-las) não é lá muito fácil.

Mas a loja da figurinista Patricia Field, que assina os modelitos do filme Sex and The City (2008), traz à tona os bons e os maus momentos daquela década. Na prateleira, o vestido que consegue ser, ao mesmo tempo, justo, zebrado e cor-de-rosa choque está do lado de casaquetos de pele falsa e suspensórios. Preços desde US$ 20.

A boa: mesmo para quem não faz o tipo extravagante, a loja é um programa com risadas garantidas. Fãs de Carrie Brandshaw encontram ali itens como a corrente com o nome da personagem (US$ 189) e a bolsa em forma de Torre Eiffel (a partir de US$ 400).

link302 Bowery, entre a Houston e Bleecker St.; http://www.patriciafield.com.

THE HAT SHOP

Quer algo mais vintage que um belo chapéu? Com véus e plumas, melhor ainda. Na The Hat Shop, que faz todos as peças artesanalmente, o forte são os modelos da década de 1930.

Se o acessório cabe no seu estilo, não pense duas vezes. As peças são verdadeiras obras de arte - dificilmente você encontrará algo parecido. O preço médio é de US$ 200.

A boa: Liv Tyler, Rachel Weisz, Bridgett Fonda e a inevitável Sarah Jessica Parker são clientes da casa.

link120 Thompson St., entre a Houston e a Prince St.; http://www.thehatshopnyc.com.

SABON

Como uma antiga perfumaria, as prateleiras são de madeira e todos os produtos, artesanais. Os produtos têm fragrâncias que vão da laranja com gengibre ao figo e custam a partir de US$ 20. Há lojas por vários pontos da cidade. Confira a que está na Broadway.

A boa: As embalagens à moda antiga são lindas e há opções de kits de viagem.

link2052 Broadway; http://www.sabonnyc.com  

Mais conteúdo sobre:
ViagemNova york Vintagelojas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.