Viva a Santería!

Tradições semelhantes às que foram trazidas ao Brasil pelos escravos negros e formaram o candomblé são a base da religião afro-cubana, a santería. Há tantos pontos em comum que até os deuses são os mesmos lá e aqui. Iemanjá, a representante dos mares, tem um templo em Trinidad. A Casa Templo de Santería Yemayá (situada na Calle Rubén Martínez Villena, 59) é aberta a visitantes. Além dos rituais cotidianos, o local organiza um bom número de festas. Vale a pena conferir. E se divertir.

O Estado de S.Paulo

24 Março 2009 | 02h36

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.