Volta ao mundo (sim, você pode)

O real está valorizado. O mundo está em liquidação. Não poderia haver melhor momento para fazer a mais incrível das viagens: a volta ao mundo.

Ricardo Freire, turista.profissional@grupoestado.com.br, O Estado de S.Paulo

24 Novembro 2009 | 02h55

Custa menos do que você imagina. As três alianças internacionais de companhias aéreas oferecem tarifas RTW ("Round The World") a partir de US$ 3.200 (taxas de embarque não incluídas).

Você pode programar entre três e quinze escalas, e levar até um ano para completar a viagem. Com 30 dias de férias já dá para montar um roteiro interessa. Vamos nessa, Marco Polo?

O ROTEIRO

A parte mais difícil - mas também mais divertida - é a montagem do itinerário. Você vai precisar fazer sua viagem caber nos voos de uma das três alianças internacionais. Star Alliance e Oneworld têm ótimos simuladores em seus sites.

Evite o pinga-pinga exagerado: fique pelo menos três noites em cada parada. Resista à tentação de explorar os países por terra; este não é o sentido desta viagem. Voe na direção oeste: depois da paulada inicial na Ásia, os dias serão mais longos.

STAR ALLIANCE

É a maior aliança, com 25 sócias - como TAP, Lufthansa, Air Canada, South African, Thai e Air New Zealand. A TAM entra em abril de 2010. As tarifas na econômica vão de US$ 3.207 (26 mil milhas) a US$ 4.768 (39 mil milhas). Um itinerário: São Paulo-Vancouver-Xangai-Bangcoc-Cairo-Cidade do Cabo- São Paulo (staralliance.com).

ONEWORLD

Entre as 11 associadas, British, Iberia, Qantas, American, JAL e Lan. A RTW sai de US$ 3.300 (quatro continentes) a US$ 4.400 (seis continentes). Um roteiro: São Paulo-Santiago- Taiti-Sydney-Hong Kong- Dubai-Budapeste-Londres- São Paulo (oneworld.com).

SKYTEAM

Tem nove integrantes, como Air France, KLM, Alitalia, Delta, Korean e Aeroméxico. Cobra de US$ 3.545 (até 29 mil milhas) a US$ 4.595 (até 39 mil milhas). É a única que permite ziguezagues (voar na direção contrária num mesmo continente). Uma viagem: São Paulo-Cida-de do México-Los Angeles- Honolulu-Tóquio-Bangcoc-Pa-ris-São Paulo (skyteam.com).

INTERNET PARA VIAGEM

bahia.com.br O site oficial do turismo baiano organiza os destinos por regiões. Os ícones do item Serviços revelam como chegar, onde ficar e onde comer em todas as cidades do Estado. Clique no blog para ler declarações de amor à Bahia

DOSSIÊ

Praias da Paraíba

Bessa. A praia descolada de João Pessoa não fica à vista da avenida. Saia por Manaíra na direção de Cabedelo:

é a última praia antes de Intermares. O melhor bar é o Peixe Elétrico. Peça as chips de batata doce.

Camboinha & Poço.

Cabedelo tem mar azul-bebê. Dali partem as lanchas para a ilha de Areia Vermelha na maré baixa. Fique no Bar do Marujo.

Carapibus a Coqueirinho.

O litoral sul de João Pessoa apresenta uma sequência imperdível de praias bonitas protegidas por falésias. Carapibus é a mais urbanizada - acaba de abrir por lá o resort Mussulo (mussulobymantra.com.br). Sua vizinha Tabatinga tem o visual mais bonito, enquanto a muvucada Coqueirinho oferece o banho mais gostoso. Em menos de uma hora você caminha ao longo das três.

Tambaba. Homens desacompanhados de mulheres continuam proibidos de entrar - um anacronismo perpetuado por muitas praias naturistas do Brasil.

Barra de Camaratuba. Última praia do norte da Paraíba, a 100 km de João Pessoa (10 km de terra). Escolha entre as ondas poderosas ou as gostosas praias de rio.

TELMA LUÍSA

A mulher que nasceu para viajar.

Chéri, durante muito tempo, eu morri de inveja do seu trabalho. Mas agora vejo que você não tá com nada. Descobri que tenho inveja

mesmo é da Cris Berger, uma fotógrafa gaúcha linda, que viaja por

lugares muito mais bacanas e ainda por cima escreve! Essa Cris acaba de lançar um livro escândalo, com o melhor nome de todos os tempos: 69 lugares para amar. Não é t-u-d-o?

Mas a edição é limitada, e tem que encomendar no site da autora: www.crisberger.com.br."

VIAJE NA PERGUNTA

É possível ir de trem de Berlim a Copenhague? É necessário fazer alguma travessia de barco?

Anélito, São Paulo.

Há um trem direto, às 11h26, e vários horários com baldeação a partir de Hamburgo. A viagem leva seis horas e quarenta e cinco minutos. A tarifa normal custa 130 (R$ 334). Reservando com antecedência, porém - a partir de 89 dias antes da data da viagem - você pode conseguir a tarifa promocional Sparpreis de 39 (R$ 100) no site das ferrovias alemãs: bahn.de/international. Esta é uma viagem de trem interessantíssima, Anélito, porque em Puttgarten, ainda na Alemanha, o trem se encaixa num ferryboat que faz a travessia do Báltico até Rodby, na Dinamarca, em 55 minutos. Você pode desembarcar e ficar no deque. Esta é uma das últimas viagens de trem no continente europeu em que isso acontece.

Perguntas: turista.profissional@grupoestado.com.br.

No MoMA,Tim Burton além do cinema

Se você precisa de uma desculpinha para voltar a Nova York, aí vai: começou domingo, no MoMA, a exposição que mostra todas as facetas profissionais de Tim Burton. Quem já é fã de seus filmes com certeza vai adorar as centenas de ilustrações e marionetes feitas pelo cineasta. Boa parte está sendo exposta ao público pela primeira vez. Estudos para projetos não realizados e outros feitos por Burton ainda criança provam que criatividade e humor sempre foram características marcantes de sua personalidade. Também estão lá os desenhos e as maquetes que ajudaram a produzir seus grandes sucessos cinematográficos, como Edward Mãos de Tesoura, A Fantástica Fábrica de Chocolate e o recente Sweeney Todd. Ingressos a US$ 20 (R$ 34) no www.moma.org.S

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.