Lauren Fleishman/The New York Times
Lauren Fleishman/The New York Times

Enquanto museus ficam fechados na Europa, invista nos tours virtuais

Em meio a recomendações de passar mais tempo em casa, aproveite para conhecer acervos e até acompanhar apresentação de orquestras

Levy Teles, Especial para O Estado

14 de março de 2020 | 06h00

O novo coronavírus causa problemas para quem havia planejado viagem para este período do ano. Concertos foram cancelados e museus e outros pontos turísticos fecharam as portas para evitar maior proliferação do contágio.

Em meio a recomendações de passar mais tempo sem sair de casa no mundo inteiro, é possível visitar museus e pontos turísticos  pelo ambiente digital. O Google Arts and Culture (em inglês) é uma plataforma que dá a chance de fazer tours virtuais em vários cartões-postais famososo, pelo Street View. Confira algumas opções:

Rijksmuseum

Nos Países Baixos (Holanda), a 33ª edição da feira de artes e antiguidades, em Maastricht, foi cancelada antes do previsto, no dia 11. Para evitar o avanço do novo coronavírus, o principal museu holandês, o Rijkmuseum, seguiu ordem do governo holandês e fecha as portas até o dia 31 de março. Mas dá para visitar o principal museu do país, online, e conhecer obras de artistas como Johannes Vermeer e Rembrant.

Tour online disponível aqui.

British Museum

Ainda em funcionamento, o British Museum foi fundado em 1753 e abriu portas em 1759. Foi o primeiro museu nacional público do mundo. A vasta coleção vem desde os tempos do império britânico e guarda material de todos os continentes.

Desde 2017, o museu oferece o serviço de visita online, feito por VR (virtual reality, ou realidade virtual), e funciona com o uso da tecnologia. Dá para ter acesso a coleções assírias e do Egito antigo.

Tour online disponível aqui.

Smithsonian National Museum of Natural History

Como medida do governo americano, todos os museus Smithsonian em WashingtonNova York fecham as portas a partir deste sábado (14). O Museu Nacional de História Natural oferece tour virtual por áreas do museu, disponível para computador e celular. A coleção tem mais de 100 milhões de espécies de plantas, animais, rochas, minerais por toda a área.

Tour online disponível aqui

Bletchley Park

Um dos segredos mais bem guardados dos ingleses no pós-Segunda Guerra Mundial, Bletchley Park é uma mansão criada no século 19 que foi usada como a principal central de espionagem dos britânicos. Ali eles interceptavam e traduziam as mensagens criptografadas dos alemães, algo que foi retratado no filme O Jogo da Imitação, vencedor do Oscar de melhor roteiro adaptado. 

Por lá dá para conhecer os dispositivos criados pelos acadêmicos britânicos que faziam parte do grupo e conhecer mais do segredo que foi guardado por anos, mesmo após o término da guerra.

Tour online disponível aqui.

Museu do Louvre 

O Louvre fechou as portas nesta sexta-feira (13) e deve continuar assim por tempo indeterminado. Mas tem como conhecer o lugar por tour virtual. Há três possibilidades: conhecer antiguidades egípcias, o fosso original do museu - anteriormente, uma fortaleza - e a Galerie d'Apollon, com obras de artistas como Eugène Delacroix.

Tour online disponível aqui.

Museu Nacional

Ainda em recuperação do incêndio que destruiu boa parte de seu acervo em 2018, o Museu Nacional, no Rio, ainda trabalha na restauração das obras e segue fechado por tempo indeterminado. O tour virtual dá a chance de conhecer o local antes do incêndio. No acervo, obras históricas e peças arqueológicas do Brasil e do mundo.

Tour online disponível aqui.

Opções musicais

Não apenas os museus pararam. A Orquestra Filarmônica de Berlim cancelou todos os shows marcados pela Europa no período entre 11 de março e 19 de abril. Em compensação, a equipe realizou uma transmissão ao-vivo na internet para exibir o concerto na quinta-feira (12). Reprises da performance acontecerão às sextas-feiras, às 16h, e aos sábados, às 15h, de forma gratuita.

A transmissão pode ser vista aqui e novidades serão divulgadas neste link.

Orquestra da Filadélfia, nos Estados Unidos, também cancelou as exibições abertas ao público e decidiu por transmitir os concertos online. O primeiro aconteceu na quinta (12), com mais exibições online no domingo (15), às 11h.

A transmissão pode ser vista aqui.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.